O que é Análise Fundamental (FA)?
P√°gina Inicial
Artigos
O que é Análise Fundamental (FA)?

O que é Análise Fundamental (FA)?

Iniciante
Publicado em Jun 26, 2020Atualizado em Dec 2, 2022
12m

Introdução

Quando se trata de trading ‚Ästtanto de a√ß√Ķes tradicionais quanto de criptomoedas ‚Äď n√£o existe uma f√≥rmula para o sucesso. Se existe, os grandes investidores de Wall Street garantem que a f√≥rmula permane√ßa em segredo.

O que temos, em vez disso, é uma grande variedade de ferramentas e metodologias empregadas por traders e investidores. A maioria dessas técnicas pode ser classificada em duas categorias: análise fundamental (FA) e análise técnica (TA).

Neste artigo, abordaremos os princípios básicos da análise fundamental.


O que é análise fundamental?

A an√°lise fundamental √© um m√©todo usado por investidores e traders para avalia√ß√£o do valor intr√≠nseco de ativos ou neg√≥cios. Para faze avalia√ß√Ķes precisas, eles estudam os fatores internos e externos e procuram determinar se o ativo ou neg√≥cio em quest√£o est√° supervalorizado ou subvalorizado. Suas conclus√Ķes podem, ent√£o, ajudar a formular uma estrat√©gia mais apropriada, que ter√° maior probabilidade de gerar bons retornos.

Por exemplo, se voc√™ se interessou por uma empresa, pode primeiro estudar fatores como lucros, balan√ßos, relat√≥rios financeiros e fluxo de caixa da empresa para ter uma ideia geral do status financeiro. Ent√£o, voc√™ pode avaliar o mercado ou setor em que ela opera. Quem s√£o os concorrentes? Considerando dados demogr√°ficos, quais s√£o os principais alvos da empresa? Ela est√° expandindo seu alcance? Voc√™ pode "diminuir ainda mais o zoom" e considerar outros fatores econ√īmicos, como taxas de juros e infla√ß√£o, entre outros.
O exemplo acima é conhecido como abordagem bottom-up (de baixo para cima): você começa com uma empresa na qual está interessado e vai expandindo a perspectiva para compreender seu lugar na economia em geral. Entretanto, você também pode adotar uma abordagem top-down (de cima para baixo), na qual você faz análises considerando, primeiramente, um panorama geral.

O objetivo deste tipo de an√°lise √© obter um pre√ßo esperado das a√ß√Ķes e compar√°-lo ao pre√ßo atual. Se a estimativa de pre√ßo for maior que o pre√ßo atual, voc√™ pode considerar que as a√ß√Ķes est√£o subvalorizadas. Se for inferior ao pre√ßo de mercado, voc√™ sup√Ķe que est√£o supervalorizadas. Com os dados de sua an√°lise, voc√™ pode tomar decis√Ķes sobre a compra ou venda de a√ß√Ķes daquela empresa espec√≠fica.


Análise fundamental (FA) vs. análise técnica (TA)

Novos traders e investidores de criptomoedas, forex ou mercados de a√ß√Ķes geralmente ficam confusos sobre qual abordagem seguir. A an√°lise fundamental e a an√°lise t√©cnica apresentam um forte contraste e contam com metodologias significativamente distintas para analisar coisas diferentes. Ainda assim, ambas fornecem dados importantes para atividades de trading. Ent√£o qual √© a melhor?

Na verdade, talvez fa√ßa mais sentido perguntar o que cada uma delas oferece. Essencialmente, usu√°rios de an√°lise fundamental acreditam que o pre√ßo das a√ß√Ķes n√£o indica, necessariamente, o real valor da a√ß√£o ‚Äď uma ideologia que sustenta suas decis√Ķes de investimento.¬†

Por outro lado, os analistas t√©cnicos acreditam que o movimento futuro dos pre√ßos pode ser previsto, de alguma forma, a partir da a√ß√£o dos pre√ßos anteriores e dos dados de volume. Eles n√£o se preocupam em estudar fatores externos, preferindo, em vez disso, se concentrar em tabelas de pre√ßos, padr√Ķes e tend√™ncias de mercados. Seu objetivo, √© identificar pontos ideais para entrada e sa√≠da de posi√ß√Ķes.

Os defensores da Hip√≥tese do Mercado Eficiente (EMH) acreditam que √© imposs√≠vel superar o mercado de forma consistente com an√°lise t√©cnica (TA). A teoria sugere que os mercados financeiros representam todas as informa√ß√Ķes conhecidas sobre os ativos (que s√£o ‚Äúracionais‚ÄĚ) e que j√° levam em considera√ß√£o os dados hist√≥ricos. Vers√Ķes ‚Äúmais fracas‚ÄĚ do EMH n√£o desacreditam a an√°lise fundamental, mas as ‚Äúmais radicais‚ÄĚ argumentam que √© imposs√≠vel, mesmo com pesquisa rigorosa, obter vantagens competitivas.

Logicamente, nenhuma das duas estrat√©gias √© necessariamente melhor, j√° que ambas podem fornecer informa√ß√Ķes valiosas em diferentes √°reas. Alguns podem se adequar melhor a certos estilos de trading e na pr√°tica, muitos traders usam uma combina√ß√£o das duas para observar o mercado, de um modo geral. Isso √© v√°lido tanto para trades de curto prazo quanto para investimentos de longo prazo.


Indicadores populares em an√°lise fundamental

Para obter insights e perspectivas com an√°lise fundamental, n√£o consideramos candlesticks (gr√°ficos de velas), MACD ou RSI ‚Äď existem alguns outros indicadores espec√≠ficos que s√£o usados em FA. Nesta se√ß√£o, veremos alguns dos mais conhecidos.


Earnings per Share (EPS) ou Lucro por Ação (LPA)

O lucro por ação é uma medida consolidada sobre a lucratividade de uma empresa, informando quanto lucro ela gera para cada ação em circulação. O LPA é calculado usando a seguinte fórmula:

(lucro l√≠quido - dividendos de a√ß√Ķes preferenciais) / n√ļmero de a√ß√Ķes


Suponha que uma empresa n√£o pague dividendos e seu lucro seja de $1 milh√£o. Com 200.000 a√ß√Ķes emitidas, a f√≥rmula nos d√° um LPA de $5. N√£o √© um c√°lculo complexo, mas ele pode nos fornecer algumas dicas sobre poss√≠veis investimentos. Neg√≥cios com LPA mais alto (ou crescente) s√£o geralmente mais atraentes para os investidores.

Alguns preferem usar o lucro dilu√≠do por a√ß√£o, pois ele tamb√©m leva em considera√ß√£o fatores que podem aumentar o n√ļmero total de a√ß√Ķes. No caso das Op√ß√Ķes de A√ß√Ķes (stock options), por exemplo, os funcion√°rios t√™m a op√ß√£o de comprar a√ß√Ķes da empresa. Com isso, geralmente h√° um n√ļmero maior de a√ß√Ķes na divis√£o do lucro l√≠quido, ent√£o espera-se obter um valor menor para o LPA dilu√≠do em rela√ß√£o ao LPA simples.

Como acontece com todos os indicadores, o lucro por a√ß√£o n√£o deve ser a √ļnica m√©trica usada para avaliar um poss√≠vel investimento. √Č uma ferramenta √ļtil quando usada em conjunto com outras.


Price-to-Earnings (P/E) Ratio ou √ćndice Pre√ßo/Lucro (P/L)

O √≠ndice pre√ßo/lucro (ou rela√ß√£o P/L) avalia uma empresa comparando o pre√ßo da a√ß√£o com seu LPA. √Č calculado usando a seguinte f√≥rmula:

preço da ação / lucro por ação


Vamos reutilizar a mesma empresa do exemplo anterior, que teve um LPA de $5. Digamos que cada ação seja negociada a $10, o que nos daria uma relação P/L de 2. O que isso significa? Bem, isso depende de outros resultados da nossa pesquisa. 

Muitos usam o √≠ndice pre√ßo/lucro para determinar se uma a√ß√£o est√° supervalorizada (se o √≠ndice for mais alto) ou subvalorizada (se o √≠ndice for menor). √Č uma boa ideia levar o n√ļmero em considera√ß√£o, comparando-o com o P/L de empresas semelhantes. Vale lembrar novamente que essa regra nem sempre √© verdadeira, ent√£o √© melhor us√°-la junto com outras t√©cnicas de an√°lise quantitativa e qualitativa.


Price-to-Book (P/B) Ratio ou √ćndice Pre√ßo/Valor Patrimonial (P/VP)

O índice preço/valor patrimonial (P/VP ou P/B, do inglês, price-to-book ratio) pode nos dizer como os investidores avaliam a empresa em relação ao seu valor patrimonial. O valor patrimonial é o valor de uma empresa conforme definido em seus relatórios financeiros (normalmente, ativos menos passivos). O cálculo é o seguinte:

preço por ação / valor patrimonial por ação


Vamos usar, mais uma vez, a empresa dos exemplos anteriores. Vamos supor que ela tenha um valor patrimonial de $500.000. Cada a√ß√£o √© negociada a $10, sendo um total de 200.000 a√ß√Ķes. Nosso valor patrimonial por a√ß√£o √©, portanto, $500.000 dividido por 200.000, que d√° $2,5.¬†

Adicionando os n√ļmeros na f√≥rmula, $10 dividido por $2,5 nos d√° um valor P/VP de 4. Aparentemente, n√£o √© um valor muito bom. Ele indica que no momento, as a√ß√Ķes est√£o sendo negociadas por um valor quatro vezes maior do que o valor real da empresa, no papel. Isso pode sugerir que o mercado est√° supervalorizando a empresa, talvez na expectativa de um grande crescimento da mesma. Se o valor do √≠ndice fosse menor que 1, ele indicaria que a empresa tem mais valor do que o mercado reconhece no momento.

Uma limita√ß√£o do rela√ß√£o pre√ßo/valor patrimonial √© que ela √© mais adequada para a avalia√ß√£o de neg√≥cios com ‚Äúativos pesados‚ÄĚ. Empresas com poucos ativos f√≠sicos n√£o ser√£o bem representadas por esse tipo de an√°lise.


Price/Earnings-to-Growth (PEG) Ratio ou √ćndice Pre√ßo/Lucro sobre Crescimento (PEG)

A relação preço/lucro sobre crescimento ou, em inglês, Price/earnings-to-growth ratio (PEG), é uma extensão da P/L. O PEG considera também as taxas de crescimento. A fórmula é a seguinte:

índice preço/lucro / taxa de crescimento dos ganhos


A taxa de crescimento dos ganhos é uma estimativa do crescimento previsto dos lucros da empresa, em um determinado período. Essa medida é expressa como uma porcentagem. Suponha que estimamos, para a empresa do nosso exemplo, um crescimento médio de 10% nos próximos cinco anos. Pegamos o valor do índice preço/lucro (2) e o dividimos por 10, obtendo um índice de 0,2.

Essa proporção sugere que investir na empresa é uma boa ideia, pois ela está subvalorizada se considerarmos a estimativa de crescimento futuro. Geralmente, qualquer empresa com uma proporção inferior a 1, está subvalorizada. Qualquer valor acima pode ser considerado um sinal de supervalorização.

O √≠ndice PEG √© bem mais utilizado do que o P/L, pois ele considera uma vari√°vel de extrema import√Ęncia, omitida pelo P/L.



An√°lise fundamental e criptomoedas

As métricas mencionadas não costumam ser aplicáveis para criptomoedas. Em vez disso, você pode observar outros fatores para avaliar a viabilidade de um projeto. Na seção a seguir, falaremos sobre alguns indicadores usados por traders de criptomoedas.


Network Value-to-Transactions (NVT) ou valor da rede por volume de transa√ß√Ķes

Geralmente considerado como o equivalente do índice P/L dos mercados de criptomoedas, o indicador NVT está rapidamente se tornando referência na análise fundamental de criptomoedas. Ele pode ser calculado da seguinte forma:

valor da rede / volume di√°rio de transa√ß√Ķes


O NVT tenta mensurar o valor de uma rede com base no valor de transa√ß√Ķes que ela processa. Suponha que voc√™ tenha dois projetos:¬†Moeda¬†A e¬†Moeda B. Ambos t√™m uma capitaliza√ß√£o de mercado de $1.000.000. No entanto,¬†a Moeda A¬†tem um volume de transa√ß√Ķes di√°rias no valor de $50.000, enquanto a¬†Moeda B‚Äô tem um volume de $10.000.

O índice NVT para a Moeda A é 20 e o NVT para a moeda B é 100. De modo geral, ativos com índices NVT mais baixos são considerados subvalorizados. Já os índices mais altos indicam ativos supervalorizados. Considerando os dados do exemplo, eles sugerem que a Moeda A está subvalorizada em relação à Moeda B.


Endereços ativos

Alguns usu√°rios observam o n√ļmero de endere√ßos ativos em uma rede para avaliar o quanto ela est√° sendo usada. Embora n√£o seja confi√°vel como um indicador independente (pois essa m√©trica pode ser manipulada), ela pode revelar informa√ß√Ķes sobre a atividade da rede. √Č um fator que voc√™ pode incluir ao fazer uma avalia√ß√£o completa de um ativo digital.


Breakeven/ponto de equilíbrio entre preço e mineração

O price-to-mining-breakeven ou ponto de equilíbrio entre preço e mineração, é uma métrica usada para avaliar moedas Proof of Work, que são mineradas pelos participantes da rede. Esse índice considera os custos associados ao processo de mineração: como por exemplo, despesas com eletricidade e hardware.
preço de mercado da moeda / custo para minerar uma moeda


A rela√ß√£o de equil√≠brio entre pre√ßo e minera√ß√£o pode revelar muito sobre o estado atual de uma rede blockchain. O chamado 'breakeven' ou ponto de equil√≠brio, refere-se ao custo de minerar uma moeda ‚Äď por exemplo, se esse valor for de $10.000, ele indica que os mineradores gastam em torno de $10.000 para gerar uma nova unidade da respectiva moeda.
Suponha que a Moeda A seja negociada a $5.000 e a Moeda B a $20.000. Ambas têm um breakeven de $10.000. A proporção da Moeda A será 0,5, enquanto a da Moeda B será 2. Como a proporção da Moeda A é menor que 1, isso indica que os mineradores estão operando com prejuízo para minerar a moeda. Por outro lado, a mineração da moeda B é lucrativa, pois para cada $10.000 gastos com a mineração, os mineradores recebem $20.000.

Por causa dos incentivos, podemos prever que, com o tempo, a proporção tenderá a 1. Para a Moeda A, os usuários que estão minerando com prejuízo provavelmente sairão da rede, a menos que o preço suba. A Moeda B tem uma recompensa atraente, então se espera que mais mineradores participem da rede, até que ela não seja mais lucrativa.

A eficácia deste indicador é muito discutida. Ainda assim, ele dá uma ideia da economia da mineração, que você pode levar em consideração ao fazer uma avaliação geral de um ativo digital.


Whitepaper, equipe e roadmap (roteiro)

A maneira mais popular para avaliar criptomoedas e tokens envolve alguns métodos de pesquisa tradicionais dos respectivos projetos. Lendo um white paper, você pode entender os objetivos de um projeto, seus casos de uso e sua tecnologia. Além disso, o histórico dos membros da equipe dá uma ideia de sua capacidade de criação e desenvolvimento de um novo produto. Por fim, o roteiro informa se o projeto está no caminho certo. Esse tipo de análise pode ter outras pesquisas adicionais para avaliar a probabilidade de o projeto atingir seus marcos.


Prós e contras da Análise Fundamental

Prós da análise fundamental

Análise fundamental é uma metodologia robusta para avaliar empresas de uma forma que não é possível com a análise técnica. Para investidores em todo o mundo, estudar uma série de fatores qualitativos e quantitativos é um ponto de partida importante para qualquer operação de trading.
Qualquer pessoa √© capaz de fazer an√°lises fundamentais, contanto que use como base, t√©cnicas testadas e comprovadas e dados leg√≠timos dispon√≠veis. Ou, pelo menos, √© o que acontece nos mercados tradicionais. Se olharmos para as criptomoedas (ainda uma pequena ind√ļstria), os dados nem sempre est√£o dispon√≠veis e a forte correla√ß√£o entre os ativos indica que a an√°lise fundamental pode n√£o ser t√£o eficaz.

Se feita corretamente, ela fornece uma base para identifica√ß√£o de a√ß√Ķes subvalorizadas que t√™m uma tend√™ncia de valoriza√ß√£o, ao longo do tempo. Investidores importantes como Warren Buffett e Benjamin Graham t√™m demonstrado, de forma consistente, que pesquisas minuciosas sobre neg√≥cios podem trazer resultados muito positivos.


Contras da an√°lise fundamental

√Č f√°cil fazer uma an√°lise fundamental. O que √© dif√≠cil √© fazer uma¬†boa¬†an√°lise fundamental. Determinar o ‚Äúvalor intr√≠nseco‚ÄĚ de uma a√ß√£o √© um processo complexo que requer muito mais do que apenas inserir n√ļmeros em uma f√≥rmula. Muitos fatores precisam ser avaliados e a curva de aprendizado para fazer isso com efic√°cia pode ser √≠ngreme. Al√©m disso, √© um tipo de an√°lise mais adequada para trades de longo prazo do que de curto prazo.

Esse tipo de análise também ignora alguns fatores de mercado importantes e tendências que a análise técnica é capaz de identificar. Como disse o economista John Maynard Keynes: 

O mercado pode continuar irracional por mais tempo do que você pode manter sua lucratividade.

A√ß√Ķes que parecem subvalorizadas (por todas as m√©tricas) n√£o t√™m garantia de aumento de valor no futuro.


Considera√ß√Ķes finais

A an√°lise fundamental √© uma pr√°tica consolidada usada por traders bem-sucedidos. Refinando uma estrat√©gia, os investidores podem n√£o apenas estimar melhor o valor real de a√ß√Ķes, criptomoedas e outros ativos, mas tamb√©m compreender melhor os neg√≥cios e os setores como um todo.
Combinada com a análise técnica, a análise fundamental pode fornecer aos traders e investidores uma compreensão completa de quais ativos e negócios podem ser lucrativos. A maioria dos participantes de muitos dos mercados tradicionais e de criptomoedas prefere utilizar a FA e a TA em conjunto.
No entanto, com o surgimento dos mercados de criptomoedas, você deve saber que o FA pode não ser tão eficaz. Sempre faça sua própria pesquisa (DYOR) e procure usar uma estratégia sólida de gerenciamento de riscos.