O que s√£o os Aplicativos Descentralizados (DApps)?
P√°gina Inicial
Artigos
O que s√£o os Aplicativos Descentralizados (DApps)?

O que s√£o os Aplicativos Descentralizados (DApps)?

Intermedi√°rio
Publicado em Jun 17, 2022Atualizado em Jul 1, 2023
8m

TL;DR

Aplicativos descentralizados (DApps) são aplicativos executados em redes blockchain. Há uma grande variedade de DApps com diferentes casos de uso, como jogos, finanças, redes sociais, entre outros. 

Embora os DApps sejam semelhantes a aplicativos comuns de dispositivos m√≥veis, seu sistema de backend √© diferente. Para funcionar, em vez de utilizar um sistema centralizado, os DApps dependem de contratos inteligentes em uma rede distribu√≠da. Por isso, eles s√£o mais transparentes, descentralizados e resistentes a ataques, mas tamb√©m apresentam algumas limita√ß√Ķes.


Introdução

Desde a criação do Bitcoin (BTC) há mais de uma década, as blockchains evoluíram e introduziram uma série de novas funcionalidades e casos de uso, que vão além do uso como moeda digital. Uma delas é a capacidade de desenvolvimento de aplicativos descentralizados (DApps), que usam a tecnologia blockchain para aprimorar diversos setores e serviços tradicionais. 


O que s√£o os aplicativos descentralizados (DApps)?

Aplicativos descentralizados (DApps) s√£o aplicativos ou programas digitais baseados em contratos inteligentes, que s√£o executados em¬†blockchains em vez de servidores centralizados. Eles s√£o semelhantes aos aplicativos comuns de dispositivos m√≥veis e oferecem uma ampla variedade de servi√ßos e fun√ß√Ķes para jogos, finan√ßas, redes sociais e muito mais.¬†

Como o nome sugere, os DApps funcionam em redes peer-to-peer descentralizadas. Um dos primeiros relatórios sobre o assunto sugere que DApps possuem os seguintes recursos:

  • Open-source (c√≥digo aberto): o¬†c√≥digo-fonte dos DApps est√° dispon√≠vel publicamente. Ou seja, qualquer pessoa pode verificar, usar, copiar e modificar os c√≥digos. N√£o h√° uma √ļnica entidade controlando a maioria de suas moedas ou tokens. Os usu√°rios tamb√©m podem propor e votar em mudan√ßas nos DApps.¬†

  • Descentralizado e criptograficamente seguro: para garantir a seguran√ßa dos dados, todas as informa√ß√Ķes dos DApps s√£o protegidas criptograficamente e armazenadas em uma blockchain p√ļblica e descentralizada, que √© mantida por v√°rios usu√°rios (ou¬†nodes).

  • Sistema tokenizado: os DApps podem ser acessados com um token criptogr√°fico. Eles podem adotar criptomoedas como ETH ou gerar um token nativo usando um algoritmo de consenso, como o¬†Proof of Work (PoW) ou o¬†Proof of Stake (PoS). O token tamb√©m pode ser usado para recompensar colaboradores da rede como¬†mineradores e¬†stakers.

Sob essa defini√ß√£o abrangente, a blockchain do Bitcoin poderia ser classificada como um DApp ‚ÄĒ e sem d√ļvida, o primeiro DApp. √Č um sistema de c√≥digo aberto, com todos os dados dispon√≠veis publicamente em sua blockchain descentralizada, funciona com um token cripto e usa o algoritmo de consenso PoW. O mesmo se aplica a outras blockchains que possuem as caracter√≠sticas mencionadas acima.¬†

No entanto, hoje o termo ‚ÄúDApps‚ÄĚ geralmente se refere a todos os aplicativos que possuem funcionalidades de contrato inteligente e s√£o executados em redes blockchain. A blockchain do Bitcoin n√£o tem suporte para contratos inteligentes, ent√£o a maioria das pessoas n√£o a consideraria um DApp.¬†

Em junho de 2022, a maioria dos DApps existe na rede Ethereum. Ela oferece uma infraestrutura robusta para desenvolvedores de DApps expandirem os casos de uso existentes. Mas à medida que os DApps evoluíram, os desenvolvedores começaram a construí-los, também, em outras blockchains, incluindo a BNB Smart Chain (BSC), Solana (SOL), Polygon (MATIC), Avalanche (AVAX), EOS, etc.


Como funcionam os DApps?

DApps s√£o aplicativos cujo funcionamento depende de¬†contratos inteligentes. Seu c√≥digo backend √© executado em redes peer-to-peer distribu√≠das. Um contrato inteligente funciona como um conjunto de regras predefinidas, impostas por c√≥digo de computador. Quando certas condi√ß√Ķes forem atendidas, todos os nodes da rede executar√£o as tarefas especificadas pelo contrato.

Depois que um contrato inteligente é implantado na blockchain, é muito difícil alterar o código ou destruí-lo. Portanto, mesmo que a equipe responsável por um DApp se desfaça, os usuários ainda poderão acessar o DApp. 


Benefícios dos DApps

Embora as interfaces de DApps e aplicativos tradicionais possam parecer semelhantes, os DApps oferecem v√°rios benef√≠cios em compara√ß√£o com suas contrapartes centralizadas. Os aplicativos da Web armazenam dados em servidores centralizados. Um √ļnico servidor comprometido pode derrubar toda a rede do aplicativo, tornando-o temporariamente ou permanentemente inutiliz√°vel. Os sistemas centralizados tamb√©m podem sofrer com vazamentos ou roubos de dados, colocando em risco empresas e usu√°rios.

Os DApps, por outro lado, s√£o constru√≠dos em redes distribu√≠das, sem uma autoridade central. Sem um ponto √ļnico de falha, os DApps s√£o menos vulner√°veis a ataques, dificultando que agentes mal-intencionados ou hackers tomem o controle da rede. Al√©m disso, a rede P2P √© capaz de garantir que o DApp continue funcionando com o m√≠nimo de tempo de inatividade, mesmo que alguns participantes ou computadores da rede apresentem problemas.¬†

A natureza descentralizada dos DApps tamb√©m permite que os usu√°rios tenham mais controle sobre as informa√ß√Ķes que compartilham. Como n√£o h√° empresas controlando os dados pessoais dos usu√°rios, eles n√£o precisam divulgar sua identidade do mundo real para interagir com um DApp. Em vez disso, eles podem usar uma¬†carteira de criptomoedas para se conectar aos DApps e ter controle total sobre quais informa√ß√Ķes desejam compartilhar. ¬†

Outra vantagem dos DApps é que os desenvolvedores podem integrar facilmente as criptomoedas em suas funcionalidades básicas, aproveitando os benefícios dos contratos inteligentes. Por exemplo, DApps na Ethereum podem adotar o ETH como moeda de pagamento, descartando a necessidade de integrar provedores de pagamento terceirizados.  


Limita√ß√Ķes dos DApps

Os DApps t√™m potencial para se tornar uma parte importante de um futuro livre de censura, mas toda moeda tem dois lados. Os aplicativos descentralizados ainda est√£o nos est√°gios iniciais de desenvolvimento e o setor ainda precisa resolver algumas limita√ß√Ķes como escalabilidade, modifica√ß√Ķes de c√≥digo e baixo volume de usu√°rios.¬†

Os DApps exigem um poder computacional significativo para funcionar, o que pode sobrecarregar as redes nas quais eles s√£o executados. Por exemplo, para alcan√ßar a seguran√ßa, integridade, transpar√™ncia e confiabilidade que a Ethereum aspira, √© requerido que cada validador execute e armazene todas as transa√ß√Ķes executadas na rede. Isso prejudica a taxa de¬†transa√ß√Ķes por segundo (TPS) do sistema e gera congestionamentos na rede e infla√ß√£o das¬†taxas de Gas.¬†

Outro desafio √© a capacidade de modificar um DApp. Para aprimorar a experi√™ncia e a seguran√ßa do usu√°rio, um DApp provavelmente precisar√° de altera√ß√Ķes cont√≠nuas para corre√ß√£o de bugs, atualiza√ß√£o da interface do usu√°rio e adi√ß√£o de novas funcionalidades. No entanto, uma vez que um DApp √© implantado na blockchain, √© dif√≠cil modificar seu c√≥digo backend. Seria necess√°rio um consenso majorit√°rio dos nodes da rede para aprovar quaisquer mudan√ßas ou melhorias, que podem levar muito tempo para serem implementadas.

A abund√Ęncia de DApps no mercado dificulta que um deles se destaque e atraia um grande volume de usu√°rios. Para que um DApp funcione efetivamente, ele precisa de um¬†efeito de rede ‚ÄĒ quanto mais usu√°rios um DApp tiver, mais efetivo ele ser√° na presta√ß√£o de servi√ßos. Um n√ļmero maior de usu√°rios tamb√©m oferece mais seguran√ßa ao DApp, protegendo-o de hackers que tentam adulterar o c√≥digo-fonte.


Casos de uso populares de DApps

Os DApps oferecem uma nova abordagem para empresas de vários setores, permitindo que elas tenham um alcance maior para atrair usuários. Alguns casos de uso populares de DApps incluem os setores de GameFi, finanças descentralizadas (DeFi), entretenimento e governança.


GameFi

A popularidade de DApps GameFi tem aumentado consistentemente, o que é exemplificado pela ascensão do Axie Infinity, um jogo play-to-earn na blockchain da Ethereum. De acordo com o DappRadar, a atividade de jogos blockchain no primeiro trimestre de 2022 teve um aumento de 2.000% em relação a 2021. Os jogos blockchain atraíram 1,22 milhão de carteiras ativas exclusivas (UAW, na sigla em inglês) em março de 2022, com mais de 50% da atividade proveniente de DApps de jogos. 

Ao contrário dos videogames tradicionais, a maioria dos DApps de jogos oferece aos jogadores controle total sobre seus ativos no jogo. Eles também oferecem aos jogadores oportunidades de monetizar esses itens fora do jogo. O Axie Infinity, por exemplo, conta com personagens do jogo, terrenos virtuais e itens na forma de NFTs. Os jogadores podem armazená-los em suas carteiras de criptomoedas, transferi-los para outros endereços Ethereum ou negociá-los com outros jogadores em mercados (marketplaces) de NFTs. Dentro do ecossistema, os jogadores competem uns com os outros para obter tokens ERC-20, que podem ser negociados em corretoras. Normalmente, quanto mais tempo jogam, mais recompensas eles ganham no jogo. 


DeFi e DEXs

As finan√ßas tradicionais dependem de institui√ß√Ķes financeiras para atuar como intermedi√°rias. Atrav√©s dos DApps, todos podem usar servi√ßos financeiros sem a necessidade de uma autoridade central, al√©m de manter o controle total sobre seus ativos.¬†O setor DeFi tamb√©m oferece benef√≠cios a pessoas de baixa renda, oferecendo acesso a uma ampla gama de servi√ßos financeiros a custos significativamente mais baixos.¬†

A solicita√ß√£o e a oferta de empr√©stimos s√£o os tipos mais populares de servi√ßos financeiros oferecidos por aplicativos descentralizados. Os DApps DeFi oferecem liquida√ß√£o instant√Ęnea de transa√ß√Ķes, requisitos m√≠nimos (ou inexistentes) de verifica√ß√£o de cr√©dito e a capacidade de usar ativos digitais como colateral (garantia). Com os DApps, os usu√°rios t√™m mais flexibilidade nos mercados de empr√©stimos. Por exemplo, os credores t√™m mais controle sobre seus empr√©stimos, podendo escolher o token e a plataforma de empr√©stimo. Al√©m disso, os usu√°rios podem ganhar 100% dos juros gerados pelo empr√©stimo, j√° que n√£o precisam pagar nenhuma taxa a intermedi√°rios.¬†

As corretoras descentralizadas (DEXs) são outro exemplo essencial de DApps de serviços financeiros. Essas plataformas facilitam a negociação peer-to-peer (trading P2P), eliminando intermediários, diferente das corretoras de criptomoedas centralizadas. Os usuários não precisam abrir mão da custódia de seus fundos. Em vez de transferir seus ativos para uma corretora, eles negociam diretamente com outros usuários com a ajuda de contratos inteligentes. As ordens são executadas diretamente na blockchain (on-chain) e entre as carteiras dos usuários. Como as DEXs exigem menos manutenção, elas normalmente têm taxas de trading mais baixas em comparação com as corretoras centralizadas. Algumas DEXs populares incluem o Uniswap, SushiSwap e PancakeSwap. 


Entretenimento

O entretenimento √© uma parte importante de nossas vidas. Com os DApps, as atividades cotidianas e servi√ßos que as pessoas utilizam est√£o se transformando em experi√™ncias digitais que tamb√©m podem gerar incentivos econ√īmicos. Por exemplo, a¬†Audius, uma plataforma descentralizada de streaming de m√ļsica, baseada na tecnologia blockchain, remove os intermedi√°rios que existem na ind√ļstria da m√ļsica tradicional para conectar artistas e f√£s diretamente. Ela permite que profissionais de curadoria musical monetizem melhor seu conte√ļdo e produzam registros imut√°veis de seu trabalho na blockchain.

Os DApps tamb√©m s√£o capazes de lidar com problemas que os usu√°rios das plataformas de redes sociais enfrentam. Empresas gigantes e centralizadas de redes sociais, como o Twitter e o Facebook, s√£o frequentemente criticadas por censurar publica√ß√Ķes e gerenciar dados de usu√°rios incorretamente. Com DApps sociais descentralizados como o Steemit, a comunidade pode interagir livremente e expressar suas opini√Ķes com menos restri√ß√Ķes e censura, enquanto desfruta de um controle maior sobre suas informa√ß√Ķes pessoais.¬†


Governança

Os DApps tamb√©m capacitam seus usu√°rios para desempenhar um papel importante na¬†governan√ßa de organiza√ß√Ķes on-line, introduzindo um mecanismo de tomada de decis√£o mais focado na comunidade. Com o aux√≠lio de contratos inteligentes, os usu√°rios que possuem tokens de governan√ßa de um projeto blockchain espec√≠fico, podem criar propostas para a comunidade e votar anonimamente nas propostas de outras pessoas.¬†

As¬†Organiza√ß√Ķes Aut√īnomas Descentralizadas (DAOs) representam um dos modelos de governan√ßa descentralizada. As DAOs podem ser consideradas DApps totalmente aut√īnomos, que usam contratos inteligentes para tomada de decis√Ķes, sem uma autoridade central. Elas n√£o t√™m hierarquia. S√£o mecanismos econ√īmicos que alinham os interesses da organiza√ß√£o com os interesses dos membros da DAO.


Como se conectar aos DApps?

Para interagir com um DApp, voc√™ precisa de uma carteira de extens√£o de navegador como a¬†MetaMask,¬†Trust Wallet ou¬†Binance Chain Wallet. √Č poss√≠vel configurar a sua carteira em apenas alguns minutos. Algumas carteiras oferecem vers√Ķes para dispositivos m√≥veis, facilitando o acesso.

Usaremos a Trust Wallet como exemplo para mostrar como conectá-la ao PancakeSwap na BNB Smart Chain (BSC). Se você ainda não tem uma carteira Trust Wallet, confira este artigo da Academy e veja como instalar o aplicativo em seu smartphone. 


Depositando BNB na Trust Wallet

Para usar DApps na BSC, você precisará de BNB para pagar as taxas de transação. Uma opção é sacar BNB da sua Carteira Spot da Binance. 

Acesse sua Trust Wallet e toque em [BNB Smart Chain]. Não clique em [BNB Beacon Chain]. Esta opção é para BNB BEP-2 na BNB Beacon Chain e não pode ser usado para pagamento das taxas de transação na BSC.


Toque em [Receber] para ver seu endereço de depósito de BNB. Em seguida, você pode copiar e colar este endereço em sua carteira de saque ou escanear o QR Code para fazer a transferência.


Após a confirmação da transação na blockchain, você verá a quantia de BNB na página inicial da sua Trust Wallet. 


Adicionando CAKE à sua lista da Trust Wallet

A lista padrão de tokens da Trust Wallet não inclui tokens de DApps como o PancakeSwap (CAKE). Para que o CAKE seja exibido em sua carteira, primeiro você precisa adicioná-lo à lista de tokens.

Toque em [Adicionar Tokens] e procure ‚ÄúPancakeSwap‚ÄĚ. Voc√™ ver√° o token CAKE em diferentes blockchains. Como estamos usando a BSC, toque no bot√£o ao lado de [BEP-20 CAKE].


Agora você verá o CAKE na sua lista de tokens da Trust Wallet. 


O próximo passo é conectar sua Trust Wallet ao PancakeSwap. Você pode se conectar através do navegador integrado do aplicativo da Trust Wallet ou usando um desktop. 


Conectando-se ao PancakeSwap através do navegador da Trust Wallet

1. Toque em [Navegador] na página inicial da Trust Wallet e acesse o site do PancakeSwap. 


2. Você receberá uma solicitação para conetar sua Trust Wallet. Toque em [Conectar].


Conectando-se ao PancakeSwap através do navegador de desktop

1. Acesse o site do PancakeSwap e clique em [Conectar Carteira]. 


2. Clique no ícone da [Trust Wallet] para exibir o QR Code na tela. 


3. Abra seu aplicativo da Trust Wallet e acesse [Configura√ß√Ķes] - [WalletConnect].¬†


4. Toque em [Nova Conexão] e escaneie o QR Code. 


5. No aplicativo, você receberá uma solicitação para permitir a conexão. Toque em [Conectar].



Considera√ß√Ķes finais

Os DApps est√£o expandindo a funcionalidade da Web, aprimorando aplicativos convencionais com a tecnologia blockchain. No futuro, os aplicativos descentralizados oferecer√£o casos de uso ainda mais inovadores para o mercado. Conforme informou o DappRadar, at√© o primeiro trimestre de 2022, os DApps registraram quase 2,4 milh√Ķes de usu√°rios ativos diariamente e a expectativa √© que o interesse geral dos usu√°rios continue crescendo. No entanto, os desenvolvedores de DApps e as redes blockchain nas quais eles constroem ainda precisam abordar algumas limita√ß√Ķes atuais antes de alcan√ßar a ado√ß√£o em massa.¬†