O que é Polygon (MATIC)?
Índice
Introdução
O que é Polygon (MATIC)?
Como o Polygon funciona?
Casos de uso do token MATIC
Polygon Bridge
Sidechains vs. rollups
Considerações finais
O que é Polygon (MATIC)?
InícioArtigos
O que é Polygon (MATIC)?

O que é Polygon (MATIC)?

Intermediário
Published Jun 25, 2021Updated Sep 9, 2021
6m

TL;DR

Atualmente, é plausível supor que o futuro será multi-chain. Em vez de uma blockchain totalmente dominante, provavelmente haverá várias redes interconectadas, cada uma com propriedades exclusivas em termos de confiança, desempenho e segurança.

O projeto Polygon almeja trazer esse futuro para mais perto da realidade, oferecendo uma estrutura para criação de soluções de escalabilidade compatíveis com a Ethereum. A sidechain Proof of Stake do Polygon despertou o interesse das comunidades de Bitcoin e criptomoedas. Vamos conferir mais detalhes.


Introdução

O tão esperado roadmap de escalabilidade da Ethereum está finalmente se concretizando e o projeto Polygon faz parte desse avanço.

Você já deve ter ouvido falar sobre a Cosmos e sua visão de “internet de blockchains” através do Protocolo de Comunicação Inter-Blockchain (IBC), onde as mensagens são transmitidas entre diferentes blockchains que implementaram o protocolo. 

A ideia do Polygon é semelhante, mas o conceito foi adaptado especificamente para o ecossistema da Ethereum. A ideia é permitir que desenvolvedores criem soluções de escalabilidade compatíveis com a Ethereum ou até mesmo blockchains independentes (stand-alone).

Inicialmente, o projeto foi nomeado Matic Network, mas foi rebatizado para Polygon após a alteração do escopo de uma única solução de Layer-2 (L2) para uma network of networks (conjunto de redes).


O que é Polygon (MATIC)?

Polygon (MATIC) é uma estrutura para criar soluções de escalabilidade de blockchain compatíveis com a Ethereum. Na realidade, o Polygon é mais um protocolo do que uma solução única. Por isso, uma das principais ofertas do ecossistema é o Polygon SDK, que permite que desenvolvedores criem redes compatíveis com a Ethereum.

Talvez você já conheça a Polygon Network, uma sidechain Proof of Stake (PoS) e um dos primeiros produtos lançados no ecossistema do projeto Polygon. Basicamente, uma sidechain é uma cadeia paralela (parallel chain) que está conectada a outra blockchain.

Sidechains oferecem vários benefícios – os mais notáveis são maiores taxas de transferência de dados e tarifas mais baixas. Se você já usou a Polygon Network, sabe que ela é incrivelmente rápida e acarreta custos muito menores do que a Ethereum. No entanto, esse desempenho requer alguns sacrifícios. Falaremos sobre eles em breve.

Como o Polygon oferece suporte ao software Ethereum Virtual Machine (EVM), aplicativos já existentes podem ser facilmente transferidos. Isso dá aos usuários uma experiência parecida com a da Ethereum, mas oferece melhor rendimento e menos custos, como mencionado anteriormente.

O que é possível fazer como usuário do Polygon? Os usuários usam recursos semelhantes aos da Ethereum, mas usufruem de um sistema mais rápido e com menos custos. Alguns dos DApps DeFi mais populares já foram implementados, como o Aave, 1inch, Curve e Sushi. Mas também existem aplicativos nativos exclusivos, como o QuickSwap e o Slingshot.

O desenvolvimento do Polygon é liderado por seus fundadores: Jaynti Kanani, Sandeep Nailwal, Anurag Arjun e Mihailo Bjelic.


Como o Polygon funciona?

A estrutura do Polygon oferece suporte a dois principais tipos de redes compatíveis com a Ethereum: secured chains e stand-alone chains. Um rollup é um exemplo de secured chain e uma sidechain é um exemplo de stand-alone chain.

As secured-chains dependem da infraestrutura da cadeia à qual estão conectadas, portanto, não precisam adotar seu próprio modelo de segurança. Por outro lado, as stand-alone chains são responsáveis pela sua própria segurança. Isso significa que as secured chains oferecem um nível mais alto de segurança, enquanto as stand-alone chains oferecem mais flexibilidade para necessidades específicas.

E a Polygon Network? A sidechain do Polygon é verificada por seu próprio conjunto de validadores (pool de validação) e deve enviar dados de verificação para a Ethereum esporadicamente. Por isso, alguns dizem que as sidechains não são uma solução "pura" de Layer-2. Elas devem cuidar de sua própria segurança, ao invés de se apoiar na segurança da Ethereum. Esta é uma diferença crucial, e entraremos em detalhes mais tarde ao discutirmos rollups.

No futuro, a plataforma Polygon oferecerá suporte a uma ampla variedade de soluções para escalabilidade, incluindo zero-knowledge (zk) rollups, optimistic rollups e Validum chains. Assim que mais dessas soluções estiverem disponíveis, os desenvolvedores terão mais ferramentas para criar aplicativos e produtos inovadores. Além disso, a expectativa é que todos sejam compatíveis com as ferramentas e carteiras existentes na Ethereum, como o MetaMask.


Casos de uso do token MATIC

Apesar da mudança de marca, o token MATIC manteve seu nome. Ele é usado para pagar taxas de Gas na rede e para participação no sistema de governança. Você pode fazer staking de seus tokens MATIC na Binance Earn ou através da carteira Matic Web Wallet, desenvolvida pela equipe Polygon.


Polygon Bridge

A Polygon Bridge é a maneira mais conveniente de transferir fundos de outra rede blockchain para a sidechain do Polygon. Porém, você ainda deverá pagar as taxas de transação da mainnet, já que a transação de transferência (bridging) faz parte da mesma.

Após a transferência, você poderá aproveitar as taxas baixas e as transações rápidas que o Polygon oferece. Algumas corretoras centralizadas (CEX) também oferecem saque direto para a rede Polygon Network.


Sidechains vs. rollups

Semelhante ao que acontece com os rollups, geralmente não há consenso sobre as sidechains serem chamadas de solução Layer-2. Caso queira navegar no mundo multi-chain, é importante entender essa diferença e considerar suas vantagens e desvantagens. 

Todos os tipos apresentam diferenças em termos de confiança, segurança, desempenho e experiência do usuário/desenvolvedor. Como as secured chains, rollups são uma das mais promissoras soluções de escalabilidade de Layer-2, pois herdam muito de sua segurança da Ethereum, . 

No entanto, esse não é o caso de soluções como a sidechain do Polygon. Isso não quer dizer que a sidechain não seja segura, mas um grupo de agentes maliciosos poderia (teoricamente) assumir o controle da rede. Nunca foram registrados indícios dessa intenção, mas vale mencionar essa possibilidade. O uso de uma sidechain envolve o fator confiança, não apenas quando se trata dos validadores de rede, mas também para a conexão entre as duas cadeias.

Também vale a pena avaliar outras vantagens e desvantagens. Ao usar a mainnet da ETH, você terá taxas mais altas e transações mais lentas, mas também contará com as melhores garantias de segurança e a exigência de um nível mínimo de confiança. 

Se usar um rollup, você pagará menos, terá um nível de segurança similar e transações mais rápidas. Com a sidechain, você paga uma fração do que pagaria em um rollup, mas compromete parte da segurança.

Então, qual é a melhor opção? Não existe uma resposta simples. Todas podem ser boas opções dependendo de cada caso. Elas podem ser usadas de forma complementar, contribuindo para a utilidade geral do ecossistema.

Por exemplo, o sistema de reputação de uma mídia social precisa de uma enorme quantidade de dados e de taxas muito baixas. Mas esse sistema talvez não precise de muitas garantias de segurança, já que ele não é um componente vital para o funcionamento da plataforma. Nesse caso, vale a pena sacrificar a segurança para se obter desempenho.

Por outro lado, armazenar o tesouro de uma nação em uma blockchain exige o maior nível de segurança possível. Vale a pena pagar o preço, principalmente se não houver necessidade de transações rápidas.

Equipes de projetos e desenvolvimento avaliam constantemente como cada etapa do processo se encaixa no quadro geral. Por isso, é importante refletir sobre escalabilidade, pois podem haver diferentes soluções para casos de uso de diversos setores.


Considerações finais

O projeto Polygon é uma estrutura para criar soluções de escalabilidade de blockchain compatíveis com a Ethereum. A Polygon Network é uma sidechain Proof of Stake (PoS) que obteve boa adoção graças à sua compatibilidade com o EVM e suas transações rápidas e de baixo custo.

O Polygon pretende oferecer mais soluções de escalabilidade no futuro, incluindo rollups zk, optimistic rollups e blockchains stand-alone, que devem ajudar a criar um ecossistema de Layer-2 mais sólido e integrado à Ethereum.