O que é GameFi e Como Funciona?
Índice
Introdução
O que é GameFi?
Como funciona o GameFi?
Modelo play-to-earn (P2E)
Propriedade de ativos digitais
Aplicações DeFi
Videogames e jogos tradicionais são considerados GameFi? 
Como começar nos jogos GameFi?
O futuro do GameFi
Considerações finais
O que é GameFi e Como Funciona?
InícioArtigos
O que é GameFi e Como Funciona?

O que é GameFi e Como Funciona?

Intermediário
Published Mar 25, 2022Updated Apr 28, 2022
8m

TL;DR

O termo GameFi refere-se aos jogos blockchain play-to-earn, que oferecem incentivos econômicos aos jogadores. Normalmente, os jogadores ganham recompensas em criptomoedas e NFTs ao completar tarefas, batalhando contra outros jogadores e progredindo nos diferentes níveis do jogo.

Ao contrário dos videogames tradicionais, a maioria dos jogos blockchain permitem que os jogadores transfiram itens do jogo para fora do mundo virtual. Isso permite que os jogadores negociem seus itens em mercados de NFTs (também conhecidos como marketplaces NFT) e seus ganhos cripto em corretoras de criptomoedas.


Introdução

Desde o surgimento do Axie Infinity, o GameFi vem assumindo rapidamente o controle de boa parte da indústria de jogos tradicional. O setor atrai muitos gamers, oferecendo-lhes uma oportunidade de ganhar dinheiro enquanto se divertem. O que é o GameFi e quais as diferenças em relação aos jogos/videogames que conhecemos?


O que é GameFi?

O termo GameFi é uma fusão das palavras game (jogo) e finance (finanças). Ele se refere aos jogos blockchain play-to-earn, que oferecem incentivos econômicos aos jogadores. O ecossistema GameFi usa criptomoedas, tokens não fungíveis (NFTs), e tecnologia blockchain para criar um ambiente de jogo virtual.

Normalmente, os jogadores ganham recompensas no jogo ao completar tarefas, batalhando contra outros jogadores e progredindo nos diferentes níveis do jogo. Eles também podem transferir seus ativos para fora do jogo para negociar em corretoras de criptomoedas e mercados de NFTs.


Como funciona o GameFi?

No GameFi, a recompensa pode ter diferentes formas, como criptomoedas ou ativos no jogo, como terrenos virtuais, avatares, armas, equipamentos e fantasias. Cada projeto GameFi adota diferentes modelos e economias de jogo. Na maioria dos casos, os ativos do jogo são NFTs em execução na blockchain, o que significa que eles podem ser negociados nos mercados de NFTs. Em outros casos, no entanto, os ativos do jogo devem ser convertidos em NFT para que os jogadores possam, posteriormente, negociá-los ou vendê-los.

Normalmente, os ativos do jogo fornecem alguns benefícios aos jogadores, permitindo que eles obtenham mais recompensas. Porém, alguns jogos têm avatares e cosméticos que são puramente visuais e não têm impacto na jogabilidade e nas recompensas.

Dependendo do jogo, os jogadores ganham recompensas completando tarefas, batalhando com outros jogadores ou construindo estruturas monetizadas em seus terrenos virtuais. Alguns jogos também permitem que os jogadores gerem renda passiva sem precisar jogar, seja por meio de staking ou através de empréstimos de ativos do jogo a outros jogadores. Vamos ver alguns dos recursos mais comuns no GameFi.


Modelo play-to-earn (P2E)

No núcleo dos projetos GameFi, temos o play-to-earn (P2E) como um modelo de jogo revolucionário. É bem diferente do modelo pay-to-play adotado por jogos e videogames tradicionais. O modelo pay-to-play (pagar para jogar) exige que os jogadores invistam antes de começar a jogar. Por exemplo, jogos como Call of Duty exigem que os jogadores comprem licenças ou paguem assinaturas recorrentes.

Na maioria dos casos, os videogames tradicionais não geram nenhum retorno financeiro para os jogadores, e seus ativos no jogo são controlados e mantidos por empresas de jogos. Por outro lado, os jogos P2E dão aos jogadores controle total sobre seus ativos no jogo, além de oferecer oportunidades para que eles ganhem dinheiro.

No entanto, tenha em mente que tudo depende do modelo e design do jogo adotado pelos projetos GameFi. A tecnologia Blockchain pode (e deve) dar aos jogadores controle total sobre seus ativos no jogo, mas nem sempre é esse o caso. Antes de entrar em um jogo P2E, certifique-se de entender como o jogo funciona e quem são os responsáveis pelo projeto.

Outro aspecto importante, é que jogos P2E podem ser free-to-play (gratuitos) e ainda assim gerar recompensas financeiras para os jogadores. Mas alguns projetos GameFi exigem que você compre NFTs ou criptoativos antes de poder jogar. Sendo assim, é sempre importante fazer as suas próprias pesquisas (DYOR) e avaliar os riscos. Se um jogo P2E exigir um grande investimento para começar e as recompensas não forem tão atraentes, é muito provável que você perca todo o seu investimento inicial.

Um dos jogos play-to-earn mais populares é o Axie Infinity. É um jogo NFT com base na Ethereum que vem ganhando popularidade desde 2018. Os jogadores usam seus bichinhos NFT (Axies) para ganhar tokens SLP ao concluir missões diárias e batalhar com outros jogadores. 

Eles também podem obter recompensas em AXS caso alcancem uma certa classificação no Ranking PvP (jogador vs. jogador). Além disso, os tokens AXS e SLP podem ser usados para criar novos Axies (processo de breeding), que podem ser usados no jogo ou negociados no mercado oficial de NFTs.

Além de comprar e vender Axies, os jogadores podem emprestá-los a outros jogadores, o que dá aos proprietários a oportunidade de obter ganhos sem jogar. Esse modelo de empréstimo é conhecido como scholarship ou "escolinha". Ele permite que membros da escolinha usem Axies emprestados para jogar e obter recompensas. 

Ou seja, os proprietários de Axies obtêm renda passiva, enquanto os membros da escolinha podem jogar o jogo sem fazer nenhum investimento. As recompensas são então divididas entre os membros e os donos dos Axies.


Propriedade de ativos digitais

Como mencionamos, a tecnologia blockchain permite a propriedade de ativos digitais, o que significa que os jogadores podem monetizar seus ativos do jogo de diversas maneiras.

Como nos jogos e videogames tradicionais, os jogadores podem ter avatares, animais de estimação, casas, armas, ferramentas e muito mais. Mas no GameFi, esses ativos podem ser emitidos ou criados como NFTs na blockchain (processo conhecido como NFT minting). Isso permite que os jogadores tenham controle total sobre seus ativos, com autenticidade e propriedade verificáveis.

Alguns jogos populares do metaverso, como o Decentraland e o The Sandbox, focam no conceito de propriedade de terrenos. Nesses projetos, os jogadores podem monetizar suas terras virtuais. No The Sandbox, é possível comprar imóveis digitais e investir em seu desenvolvimento para gerar lucros. Por exemplo, alguns proprietários cobram taxas de outros jogadores que visitam seus terrenos, ganham recompensas em tokens ao hospedar conteúdos e eventos ou alugam seus terrenos personalizados para outros jogadores.


Aplicações DeFi

Alguns projetos GameFi também oferecem produtos e recursos DeFi, como staking, mineração de liquidez e yield farming. Normalmente, os jogadores podem fazer staking de seus tokens para ganhar recompensas, desbloquear itens exclusivos ou acessar novos níveis do jogo.
A introdução de elementos DeFi também pode oferecer mais descentralização aos jogos cripto. Ao contrário dos estúdios de jogos tradicionais, que centralizam e controlam as atualizações de seus jogos, alguns projetos do setor GameFi permitem que a comunidade participe do processo de tomada de decisão. A comunidade pode propor e votar em atualizações futuras através de organizações autônomas descentralizadas (DAOs).

Por exemplo, os jogadores do Decentraland podem votar nas políticas organizacionais e do jogo. Para isso, eles bloqueiam seus tokens de governança (MANA) na DAO. Quanto mais tokens eles bloquearem, maior será seu poder de voto. Com isso, os jogadores podem se comunicar diretamente com os desenvolvedores e influenciar positivamente o desenvolvimento do jogo.


Videogames e jogos tradicionais são considerados GameFi? 

Em jogos tradicionais, também é possível ganhar moedas no jogo e coletar ativos digitais para evoluir seus personagens. Ainda assim, normalmente esses tokens e itens não podem (ou não devem) ser negociados fora do jogo. Na maioria dos casos, eles não têm nenhum valor que vá além do escopo do jogo. Mesmo quando eles têm valor, os jogadores geralmente são proibidos de monetizar ou negociar seus ativos no mundo real.

Em jogos blockchain, os tokens e ativos do jogo normalmente são criptomoedas e NFTs. Alguns jogos usam tokens virtuais, mas os jogadores ainda têm a opção de converter seus ativos do jogo em NFTs. Ou seja, os jogadores podem transferir seus ganhos para carteiras de criptomoedas e negociar os ativos em corretoras cripto ou em mercados de NFTs. Eles também podem converter seus lucros cripto em dinheiro fiduciário.


Como começar nos jogos GameFi?

Existem milhares de jogos blockchain no mercado. Cada um funciona de maneira diferente. Tenha cuidado com golpes, projetos fraudulentos e sites falsos. Conectar sua carteira ou baixar jogos de sites desconhecidos pode ser muito perigoso. O ideal é que você crie uma nova carteira cripto especificamente para essa finalidade e invista somente fundos que pode arriscar perder. Caso você esteja confiante de que o jogo é seguro, siga estas etapas para começar.


1. Crie uma carteira de criptomoedas

Para obter acesso ao mundo GameFi, você precisa de uma carteira de criptomoedas compatível, como a Trust Wallet ou a MetaMask. Dependendo do jogo, talvez seja necessário usar carteiras diferentes ou conectar-se a outras redes blockchain.
Por exemplo, se quiser jogar jogos blockchain na BNB Smart Chain (antiga Binance Smart Chain), primeiro você precisará conectar a sua MetaMask à rede BSC. Você também pode usar a Trust Wallet ou qualquer outra carteira de criptomoedas compatível. Consulte o site oficial do jogo para saber quais são as carteiras compatíveis.

Outra opção é conectar a sua carteira de criptomoedas à blockchain da Ethereum e acessar a maioria dos jogos executados na rede Ethereum. Ainda assim, alguns jogos como o Axie Infinity e o Gods Unchained utilizam uma carteira própria, para reduzir custos e melhorar o desempenho.

O Axie Infinity foi construído na blockchain da Ethereum, mas a equipe desenvolveu a rede Ronin Network como uma sidechain. Sendo assim, para interagir com o ecossistema do Axie Infinity, você precisa usar a carteira oficial da Ronin. Como uma sidechain, a Ronin Network torna muito mais barato negociar e criar Axies (breeding), reduzindo os custos associados à jogabilidade.


2. Conecte a sua carteira ao jogo

Para jogar um jogo de blockchain, você deve conectar sua carteira. Certifique-se de se conectar ao site oficial e não a uma versão falsificada. Acesse o site do jogo e procure a opção para conectar sua carteira cripto.

Ao contrário dos jogos online tradicionais, que exigem que você configure um nome de usuário e senha, a maioria dos jogos blockchain usa sua carteira de criptomoedas como uma conta de jogo, então você provavelmente precisará assinar uma mensagem em sua carteira antes de se conectar ao jogo.


3. Confira os requisitos para jogar 

Para começar a jogar, a maioria dos projetos GameFi exige que você compre seus tokens de criptomoedas ou NFTs no jogo. Os requisitos variam para cada jogo, mas é importante que você avalie o potencial de ganhos e os riscos gerais envolvidos. Faça uma estimativa em relação a quanto tempo você vai demorar para recuperar seu investimento inicial e começar a obter lucros.

Se quiser jogar Axie Infinity, você precisará de 3 Axies em sua carteira de jogos. Você pode comprá-los no Axie Marketplace. Para comprar Axies, você precisará de wrapped ETH (WETH) em sua carteira Ronin Wallet. Você pode comprar ETH em corretoras cripto como a Binance e usar a "ponte" Ronin Bridge para transferir os tokens para a sua Ronin Wallet. Para mais informações, confira Como Usar a Ronin Wallet?

Se você não tem dinheiro ou não quer correr riscos, considere participar de um programa de escolinha (scholarship). Você poderá usar NFTs emprestados para jogar com a condição de compartilhar parte dos seus ganhos com o dono dos NFTs.


O futuro do GameFi

O número de projetos GameFi aumentou em 2021 e provavelmente continuará aumentando nos próximos anos. Atualmente, em março de 2022, há mais de 1.400 jogos blockchain listados no DappRadar. Existem diversos jogos populares em múltiplas blockchains, como Ethereum, BNB Smart Chain (BSC), Polygon, Harmony, Solana e muito mais.

À medida que a tecnologia blockchain continua se desenvolvendo, a expectativa é que o crescimento do setor GameFi mantenha um ritmo acelerado. A capacidade de possuir ativos dentro do jogo e ganhar dinheiro com jogos torna o mundo GameFi muito atraente, especialmente em países emergentes.


Considerações finais

Desde os primeiros dias do Bitcoin, existem pessoas tentando a sorte em jogos simples de navegador, na esperança de obter lucros em BTC. Embora ainda existam jogos BTC, a ascensão da Ethereum e dos contratos inteligentes certamente mudou o mundo dos jogos blockchain, que agora é capaz de oferecer experiências muito mais complexas e interessantes.

Ao combinar entretenimento com incentivos financeiros, o setor GameFi é capaz de atrair muitos jogadores. Com a crescente popularidade dos jogos blockchain, provavelmente veremos um número cada vez maior de grandes empresas interessadas no desenvolvimento do metaverso.