O que é a Dominância do BTC?
Tabela de Conteúdos
Introdução 
Dominância do BTC e capitalização de mercado
Fatores que influenciam a dominância do BTC
Usando a dominância do BTC em trading
Considerações finais
O que é a Dominância do BTC?
Página Inicial
Artigos
O que é a Dominância do BTC?

O que é a Dominância do BTC?

Iniciante
Publicado em Jun 23, 2022Atualizado em Sep 29, 2022
6m

TL;DR  

A dominância do Bitcoin é medida como a proporção da capitalização de mercado do Bitcoin em relação ao restante do mercado de criptomoedas. Alguns investidores e traders de criptomoedas usam o indicador de dominância do Bitcoin como um guia para ajustar suas estratégias de trading e estruturas de portfólio. 


Introdução 

Embora existam milhares de altcoins, o Bitcoin, a primeira criptomoeda, continua sendo o maior ativo digital em termos de capitalização de mercado. Ao observar a dinâmica da influência do Bitcoin no valor geral do mercado de criptomoedas, os traders identificaram padrões recorrentes de condições de mercado. Alguns passaram a usar o domínio do BTC como um guia para suas estratégias de trading. Acredita-se que a dominância do BTC oferece informações valiosas sobre a atual tendência geral do mercado. 


Dominância do BTC e capitalização de mercado

Basicamente, a capitalização de mercado refere-se ao valor total de um determinado ativo em circulação. No caso do Bitcoin, o valor de capitalização de mercado é calculado multiplicando o preço atual e o número de BTCs minerados até o momento.

Podemos calcular a dominância do Bitcoin usando a fórmula:

Dominância do Bitcoin = capitalização de mercado do Bitcoin / Valor total de capitalização de mercado das criptomoedas


Fatores que influenciam a dominância do BTC

Mudança de tendências

Antes da ascensão das altcoins, a dominância do Bitcoin frequentemente ultrapassava o valor de 90%. Com o crescente interesse dos usuários e investidores nas altcoins, o Bitcoin perdeu parte dessa atenção praticamente exclusiva para outros ativos com maiores oscilações de preço e projetos com novos e empolgantes casos de uso.

Enquanto o Bitcoin foi criado para mudar a forma como a transferência de valores funcionava, os projetos de criptomoeda evoluíram para oferecer mais. Diferente do Bitcoin, existem muitas altcoins envolvidas em distintos setores, incluindo jogos, arte, serviços financeiros descentralizados e transferência de dinheiro. Dependendo da tendência atual, pode haver mais volume de trading e interesse em torno de um tipo específico de projeto cripto. Por exemplo, o "boom" dos NFTs, possivelmente, fez com que a dominância do BTC diminuísse um pouco, em favor de tokens relacionados aos NFTs. 

Com o tempo, o Bitcoin se estabeleceu como um dos criptoativos mais “estáveis”. O interesse dos traders em oscilações de preços mais dramáticas e oportunidades de lucro através das altcoins mais recentes também podem afetar o domínio do Bitcoin, gerando um fluxo de fundos para ativos de maior risco. Nesse caso, os setores de atuação dessas altcoins podem não importar tanto quanto os lucros potenciais.

Mercados de alta e de baixa (bull e bear markets)

Nos últimos anos, houve um aumento geral na popularidade das stablecoins, uma tendência que exerceu uma pressão contínua sobre a dominância do BTC. Em um bear market (mercado de baixa) ou em períodos de alta volatilidade, as stablecoins são frequentemente usadas para proteger os fundos dos investidores de criptomoedas. Uma stablecoin é uma altcoin desenvolvida para manter seu valor atrelado a um ativo com um preço mais estável, como uma moeda fiduciária ou uma commodity. Investidores e traders de criptomoedas costumam usar stablecoins para obter lucros sem precisar converter suas criptomoedas em moeda fiduciária. O nível de dominância do BTC pode diminuir quando o fluxo de fundos vai do mercado BTC para o mercado de stablecoins.

O inverso é provável em um mercado de alta (bull market). Quando o mercado apresenta uma tendência de alta, os traders são incentivados a transferir valor de stablecoins para ativos mais voláteis, que oferecem mais oportunidades de trading, como o Bitcoin. No entanto, traders ousados também podem escolher opções mais arriscadas e injetar liquidez em altcoins que são ainda mais voláteis que o BTC. Sendo assim, os efeitos gerais das condições favoráveis do mercado sobre o grau de dominância do Bitcoin dependem muito do contexto.

Acessibilidade via stablecoins (On-ramping)

As stablecoins oferecem acesso a uma ampla variedade de criptomoedas, de uma maneira mais conveniente do que as moedas fiduciárias (fiat). Isso devido à existência de corretoras fiat-para-cripto, conhecidas também como "gateway exchanges", elas podem ser restritivas e oferecer apenas serviços para as criptomoedas e stablecoins mais populares. As corretoras cripto-para-cripto, no entanto, geralmente fornecem uma seleção mais abrangente de criptomoedas negociáveis com stablecoins. Assim, pessoas que desejam fazer trade de criptomoedas específicas podem entrar no mercado por meio das stablecoins. Naturalmente, se uma quantia significativa de novos fundos entrar no mercado através de stablecoins, e não via Bitcoin, o valor total do mercado de criptomoedas aumenta, causando uma diluição no grau de dominância do BTC.

Emergência de novas moedas

Às vezes, novas moedas que entram no mercado ganham popularidade rapidamente, fazendo com que a participação do BTC diminua. Lembre-se de que o Bitcoin está constantemente “lutando” com todas as outras criptomoedas do mercado, então o surgimento de várias altcoins populares de uma só vez pode afetar seu grau de dominância. No entanto, há uma grande chance de que muitas dessas altcoins percam popularidade após o "hype" inicial. Se isso acontecer e os fundos forem movidos dessas altcoins para o BTC ou para fora do mercado de criptomoedas, a participação (dominância) do BTC deve aumentar novamente.


Usando a dominância do BTC em trading

Método de Wyckoff

Desenvolvido no início da década de 1930, o Método de Wyckoff é um conjunto de princípios desenvolvido para traders e investidores nos mercados financeiros tradicionais. Alguns desses princípios, como a lei de causa e efeito, podem ser aplicados ao buscar oportunidades de lucro com base na dominância do BTC. 

Muitos traders e investidores usam o Método de Wyckoff para identificar uma tendência de mercado, estimar a probabilidade de uma reversão de tendência e identificar momentos oportunos para seus trades. De acordo com Wyckoff, o comportamento do trading é organizado em quatro fases: acumulação, markup, distribuição e markdown. Identificar a direção e o momento do fluxo de fundos é importante para alguns traders que dependem do timing do mercado para tomar decisões de trading bem informadas. 

Diversos traders e investidores costumam usar essa abordagem para escolher a tendência mais forte. Abaixo, temos vários cenários onde o Método de Wyckoff se aplica. 

Usando a dominância do BTC para identificar uma altcoin season

Com o número crescente de altcoins no mercado, não surpreende que o domínio do Bitcoin esteja sendo diluído. Nos últimos anos, algumas altcoins se tornaram mais populares, fazendo com que o valor de capitalização de mercado de todas as altcoins superasse brevemente o do Bitcoin. Períodos em que as altcoins superam consistentemente o Bitcoin são conhecidos como “altcoin season” ou “alt season” (em português, temporada de altcoins). De acordo com os princípios do Método de Wyckoff, esse fluxo de fundos do Bitcoin para as altcoins é cíclico.

As altcoins tendem a ter um desempenho melhor durante uma altcoin season, portanto o domínio do Bitcoin pode diminuir durante esta fase do ciclo de mercado. Sendo assim, as pessoas que negociam Bitcoin e altcoins monitoram o grau de dominância do Bitcoin para fazer os ajustes adequados em seus portfólios.

Usando a dominância do BTC e o preço atual do Bitcoin

Para tomar decisões de trading, algumas pessoas monitoram, simultaneamente, o preço e a dominância do Bitcoin. Embora os contextos variem, temos aqui alguns exemplos de possíveis resultados obtidos através da combinação dos fatores preço e dominância do BTC.

Quando o preço e o grau de dominância do BTC estão subindo, isso pode sinalizar um potencial mercado de alta (bull market) do Bitcoin. 

Quando o preço do BTC está subindo, mas seu domínio está caindo, isso pode sinalizar um potencial mercado de alta (bull market) das altcoins. 

Quando o preço do BTC está caindo, mas seu grau de dominância está subindo, isso pode sinalizar um potencial mercado de baixa (bear market) das altcoins.

Quando o preço e a dominância do BTC estão caindo, isso pode sinalizar uma potencial tendência de baixa (bear market) para todo o mercado de criptomoedas.

Embora esses dois fatores não impliquem um mercado definitivo de alta ou baixa, análises e observações históricas sugerem uma correlação. 


Considerações finais

A dominância do BTC é uma ferramenta que ajuda a esclarecer a forma como os ciclos do mercado mudam. Alguns traders usam essa ferramenta para ajustar suas estratégias de trading, enquanto outros a utilizam para gerenciar seus portfólios diversificados. Note que o grau de dominância do BTC não garante o desempenho do Bitcoin ou de qualquer outra criptomoeda, mas atua como um guia para ajudar os traders a planejar sua abordagem de trading.