Quais Empresas T√™m A√ß√Ķes no Metaverso?
P√°gina Inicial
Artigos
Quais Empresas T√™m A√ß√Ķes no Metaverso?

Quais Empresas T√™m A√ß√Ķes no Metaverso?

Iniciante
Publicado em Oct 24, 2022Atualizado em Dec 23, 2022
6m

TL;DR

A Internet est√° se aproximando de uma nova era. Projetos cripto e empresas p√ļblicas exploram as possibilidades do metaverso. Algumas empresas, confiantes nos benef√≠cios do metaverso, decidiram fazer parte do movimento mais cedo. Outras, ficaram em cima do muro, apesar da √≥bvia compatibilidade de sua tecnologia com os novos conceitos. Essas empresas costumam trabalhar com hardwares imersivos, tecnologia 3D, plataformas interativas, conectividade, blockchain, semicondutores e seguran√ßa, itens essenciais para tornar o metaverso uma realidade.

Introdução

O metaverso tem potencial para ser uma das tend√™ncias tecnol√≥gicas a romper os limites das atuais estruturas de mercado. As novas tecnologias necess√°rias para construir o metaverso tamb√©m oferecer√£o oportunidades para que qualquer pessoa possa participar deste avan√ßo da Internet, sejam novos projetos, empresas p√ļblicas ou at√© mesmo investidores individuais.

Por que investir no metaverso?

O metaverso ganhou muita popularidade em pouco tempo. O rebranding do Facebook para Meta pode ter estabelecido o metaverso como algo que vai além de uma tendência passageira. Além dos projetos cripto, várias grandes empresas passaram a reconhecer o metaverso como o próximo estágio da evolução da Internet.

A Internet passou por uma s√©rie de grandes mudan√ßas ao longo de sua hist√≥ria ‚ÄĒ Web1, Web2 e Web3. A primeira vers√£o da Internet consistia principalmente em sites est√°ticos, capazes de exibir apenas informa√ß√Ķes. Hoje, na era da Web2, os usu√°rios t√™m plataformas de redes sociais e sites din√Ęmicos que permitem alterar seus dados e fazer upload dos pr√≥prios conte√ļdos.

Atualmente, estamos presenciando o surgimento da Web3, que pode resultar na concretiza√ß√£o do metaverso. A Web3 consistir√° em sites e aplicativos da Web mais abertos, conectados e inteligentes que oferecer√£o aos usu√°rios maior propriedade e controle sobre seus dados e conte√ļdos. Sendo assim, a Web3 tamb√©m pode enfraquecer o poder detido pelas grandes empresas Web2 centralizadas de hoje.

O metaverso e a Web3 ainda não existem em formas totalmente implementadas. No entanto, algumas de suas tecnologias essenciais já existem. Por exemplo, a blockchain e as criptomoeda podem oferecer descentralização e economias digitais à Web3.

Al√©m disso, a realidade virtual (VR) e a realidade aumentada (AR) podem melhorar as intera√ß√Ķes sociais on-line em plataformas da Web3. Simultaneamente, a intelig√™ncia artificial (AI) pode melhorar o processamento de linguagem (como para bots de atendimento ao cliente) na Web3, gra√ßas √† sua capacidade de vincular conte√ļdos criados por humanos a dados leg√≠veis por m√°quina.

Com o metaverso, todos t√™m a chance de fazer parte da pr√≥xima fase da Internet. Por exemplo, novos projetos podem construir componentes do metaverso e resolver problemas atuais da Internet. Al√©m disso, empresas com menos restri√ß√Ķes financeiras podem construir tecnologias vitais e explorar formas de contribuir para o metaverso, atrav√©s de seus produtos e servi√ßos atuais. At√© mesmo investidores individuais podem participar da Web3 ao comprar a√ß√Ķes de empresas relacionadas ao metaverso.

Como as grandes empresas est√£o investindo no metaverso?

Empresas de capital aberto est√£o explorando as capacidades do metaverso para atender √†s suas necessidades. Por exemplo, a Microsoft se concentra em escrit√≥rios virtuais e ambientes de trabalho no metaverso, enquanto o Google est√° desenvolvendo uma solu√ß√£o de AR que conecta os mundos digital e real. A produtora do Fortnite, Epic Games, pretende conectar conte√ļdos AR, VR e 3D √†s suas plataformas.

Esses desenvolvimentos d√£o aos usu√°rios uma perspectiva do que as empresas est√£o tentando alcan√ßar. Embora n√£o seja poss√≠vel afirmar quais empresas ter√£o sucesso no metaverso, os usu√°rios j√° podem comprar suas a√ß√Ķes ‚ÄĒ uma maneira de se envolverem no ecossistema do metaverso e ajudar em seu progresso.

As empresas correm o risco de perder sua vantagem competitiva se n√£o acompanharem as mudan√ßas fundamentais na economia, como o desenvolvimento tecnol√≥gico. Essas mudan√ßas geralmente d√£o origem a novas empresas dominantes e podem fazer com que l√≠deres de mercado percam suas posi√ß√Ķes ou at√© mesmo desapare√ßam do mercado.

O crescente interesse no metaverso pode ser uma consequ√™ncia do fato de empresas considerarem essa tecnologia como a pr√≥xima tend√™ncia secular. As tend√™ncias seculares s√£o grandes mudan√ßas na ind√ļstria que continuam se desenvolvendo por um longo per√≠odo de tempo. Alguns dos principais exemplos incluem¬†computadores pessoais, dispositivos m√≥veis e o com√©rcio eletr√īnico (e-commerce). Sendo assim, √© poss√≠vel que as empresas vejam o envolvimento no metaverso como algo necess√°rio para sua trajet√≥ria futura.

Existem v√°rias maneiras pelas quais as empresas p√ļblicas podem apoiar ou participar do metaverso. Este artigo abordar√° hardwares imersivos, softwares de cria√ß√£o 3D, plataformas interativas, conectividade, blockchain, semicondutores e seguran√ßa.

As diferentes camadas de investimento do metaverso

Hardwares imersivos

Os produtos de consumo populares de hoje estão limitados aos sentidos de visão e som. Mesmo a nossa visão do futuro hardware do metaverso geralmente incorpora apenas headsets (fones de ouvido/óculos) de realidade virtual (VR). No entanto, hardwares imersivos podem trazer o sentido do tato para o metaverso. Por exemplo, potenciais dispositivos hápticos podem permitir que as pessoas tenham uma conexão física com o mundo virtual. 

Software de criação 3D

A cria√ß√£o de ambientes digitais que imitam o mundo real (o mais pr√≥ximo poss√≠vel) √© um processo dif√≠cil e demorado. Com c√Ęmeras 3D, no entanto, um software de cria√ß√£o 3D pode resolver esses problemas.

A ideia é que os desenvolvedores primeiro capturarem ambientes naturais através de filmagens e, em seguida, alimentem os dados de espaços 3D no respectivo software. Esse software então processaria e geraria uma versão digital que seria usada como base no metaverso, sobre a qual os usuários podem construir.

Plataformas interativas

As compras on-line cresceram muito na era da Web2 ‚ÄĒ com ferramentas interativas, os usu√°rios podem adicionar itens aos seus carrinhos de compras e navegar rapidamente entre as p√°ginas. De forma semelhante, ferramentas e locais interativos nativos s√£o necess√°rios para permitir que os usu√°rios interajam com o metaverso. Plataformas interativas tornariam isso uma realidade e impulsionariam as atividades no metaverso.¬†

Conectividade

Desde a criação da Internet, a conectividade rápida tem sido indispensável. O metaverso também precisará de uma conexão ultrarrápida para permitir que os usuários trabalhem, socializem e joguem em tempo real. Os computadores também devem ser poderosos o suficiente para renderizar imagens 3D e garantir uma conectividade sem problemas.

Blockchain

A tecnologia blockchain pode se tornar uma camada fundamental do metaverso. Ela oferece uma maneira descentralizada e transparente para comprovação digital de propriedade, colecionabilidade digital e governança. Ela também promove a acessibilidade e a interoperabilidade. 

Al√©m disso, as criptomoedas s√£o desenvolvidas na blockchain e permitem que os usu√°rios transfiram valor enquanto trabalham e socializam no metaverso. Outras aplica√ß√Ķes da blockchain para o metaverso incluem tokens n√£o fung√≠veis (NFTs) e finan√ßas descentralizadas (DeFi).¬†

Semicondutores

Como mencionado acima, o metaverso terá maiores requisitos de poder computacional, necessitando portanto, de avanços na tecnologia de semicondutores. Semicondutores aprimorados são essenciais para o metaverso, pois haverá uma grande quantidade de dados a serem armazenados.

Segurança

O metaverso coletar√° uma grande quantidade de dados de seus usu√°rios. Muitos desses usu√°rios preferem permanecer an√īnimos e evitar a divulga√ß√£o de suas identidades, finan√ßas ou outros dados confidenciais. √Č por isso que o metaverso exigir√° solu√ß√Ķes de seguran√ßa cibern√©tica.

Quais empresas t√™m a√ß√Ķes no metaverso?

Unity Software

A Unity Software √© l√≠der do setor de software 3D. Atualmente, metade de todo o conte√ļdo 3D √© produzido usando sua tecnologia de software. √Č l√≥gico, portanto, que a Unity Software se envolva na cria√ß√£o de conte√ļdo do metaverso.

Shopify, Inc.

A Shopify √© uma das maiores plataformas de e-commerce do mundo. Seus produtos de software atuais s√£o voltados para varejistas on-line, auxiliando-os com pagamentos, an√°lises e conclus√£o de pedidos. Isso oferece √† Shopify o potencial de moldar as rela√ß√Ķes comerciais no metaverso. a Shopify j√° tem uma plataforma NFT na vers√£o beta que permite a venda de NFTs. Ela tamb√©m possui uma plataforma de com√©rcio de tokens que seus clientes usam para se conectar com usu√°rios e impulsionar as vendas.

Meta Platforms Inc.

Desde o rebranding do Facebook, a Meta investiu bilh√Ķes de d√≥lares no desenvolvimento de conte√ļdos do metaverso, softwares e headsets de AR e VR.

Match Group Inc.

Match Group √© a empresa-m√£e de aplicativos de namoro populares como Tinder e Hinge. O grupo adquiriu a empresa l√≠der sul-coreana de servi√ßos sociais e tecnologia de v√≠deo, Hyperconnect, em 2021. O objetivo √© criar novos canais digitais por meio dos quais as pessoas possam conhecer e se envolver com novas conex√Ķes, independentemente de fronteiras e barreiras lingu√≠sticas.

CrowdStrike Holdings

A CrowdStrike Holdings √© uma empresa de tecnologia de seguran√ßa cibern√©tica que oferece prote√ß√£o atrav√©s da nuvem para impedir viola√ß√Ķes e, como tal, pode atender √†s necessidades de seguran√ßa cibern√©tica do metaverso.

Considera√ß√Ķes finais

O metaverso √© um tema em alta na ind√ļstria de tecnologia que j√° atraiu investimentos de muitas empresas, apesar de ainda n√£o ter sido totalmente desenvolvido. A Web3 tem o potencial de transferir o poder das gigantes centralizadas da Web2 para as pessoas. Isso pode incentivar novos projetos, empresas p√ļblicas e at√© mesmo investidores individuais a investir em sua infraestrutura essencial.