NFTs Com Custódia e Sem Custódia: Qual é a Diferença?
NFTs Com Custódia e Sem Custódia: Qual é a Diferença?
InícioArtigos

NFTs Com Custódia e Sem Custódia: Qual é a Diferença?

Iniciante
Published Jun 24, 2021Updated Jul 22, 2021
8m

TL;DR 

Com o crescimento do ecossistema DeFi, os NFTs estão se tornando cada vez mais populares. Ao negociar ou manter NFTs ou outros cripto ativos, usuários podem optar por serviços de custódia ou sem custódia. Um serviço custodial armazena a chave privada de sua carteira e mantém seus ativos sob custódia. O Marketplace de NFT da Binance, por exemplo, é uma plataforma custodial de NFTs a qual você pode acessar com uma conta registrada.
Um serviço sem custódia oferece aos usuários controle total sobre suas carteiras e ativos digitais. Os usuários podem negociar seus NFTs diretamente de suas carteiras, eliminando a necessidade de intermediários. Isso é o que você encontra na Featured By Binance, a plataforma não custodial de NFTs da Binance. Ao emitir NFTs na blockchain, os criadores podem estabelecer uma relação direta com seus fãs, livre de quaisquer riscos da plataforma.


Introdução

A demanda dos tokens não fungíveis (NFTs) está em alta nos ecossistemas de blockchain e DeFi. Já existem muitas informações relacionadas a NFTs, mas pouco se fala sobre custódia. Quem realmente tem o controle do NFT que você acabou de criar ou comprar? Em alguns casos, talvez você tenha menos controle sobre seu NFT do que pensa.

Se você já pesquisou sobre carteiras e criptomoedas, esse conceito pode ser familiar. Na realidade, você pode ter o controle total sobre seu NFT ou permitir que outra pessoa o mantenha sob custódia. Ambas as opções são válidas. Tudo depende do que você está procurando e de quanta responsabilidade deseja ter.

Ao escolher uma carteira e as plataformas para negociação e criação, você encontrará NFTs com e sem custódia.


O que é uma carteira de criptomoedas?

carteira de criptomoedas é uma ferramenta essencial para armazenar criptomoedas e interagir com diferentes blockchains. Se deseja fazer transações e usar aplicativos descentralizados (DApps), você vai precisar de uma carteira. Existem dois fatores principais em qualquer carteira: a chave pública e a chave privada. 
chave pública da sua carteira é usada para gerar endereços para os quais você ou outras pessoas podem enviar cripto. Já a sua chave privada, que deve ser tratada como uma senha confidencial, é usada para assinar transações e fornecer acesso aos seus fundos. Há uma variedade de opções ao escolher uma carteira cripto. As chaves podem ser impressas em papel, acessadas por software de carteiras, ou armazenados em hardware.
As carteiras cripto não necessariamente armazenam apenas criptomoedas. Dependendo da carteira, você também pode armazenar NFTs. Você provavelmente já usou uma carteira cripto para enviar ou receber ativos digitais como Bitcoin (BTC)Ether (ETH) ou stablecoins. Mas algumas carteiras também podem armazenar e transferir NFTs, que são tokens emitidos em uma blockchain.


O que é uma carteira de criptomoedas?

Uma carteira de criptomoedas com custódia não dá a você o controle total sobre suas chaves privadas. Neste caso, um terceiro (como uma exchange ou serviço de carteira custodial) será responsável por armazenar seus ativos. Portanto, você não terá acesso à sua chave privada, mas isso não é necessariamente algo ruim. Tudo depende das suas necessidades.

Devido à descentralização da tecnologia blockchain, caso perca sua chave privada, você pode perder acesso à sua carteira permanentemente. Porém, ao optar por um serviço de custódia para sua chave privada, você se livra dessa responsabilidade. Logo, mesmo se você esquecer sua senha, será capaz de acessar sua conta com a ajuda do serviço de atendimento ao cliente.

No entanto, não se esqueça que, neste caso, um terceiro tem a custódia dos seus fundos. A segurança do seu patrimônio depende do custodiante. Por isso, é essencial escolher um provedor de serviços confiável.


O que é uma carteira de criptomoedas sem custódia?

Uma carteira de criptomoedas sem custódia é uma carteira em que apenas o titular possui e controla as chaves privadas. Para usuários que desejam mais controle sobre seus fundos, carteiras sem custódia são a melhor opção.

Conforme mencionado, a responsabilidade de manter a chave segura está nas mãos do proprietário da carteira. Se o proprietário perder as chaves e não lembrar da seed phrase, ele perderá o acesso à carteira e todos os fundos. Existem várias carteiras não custodiais disponíveis como aplicativos e extensões de navegador. Exemplos populares incluem a Trust Wallet e a MetaMask. Também existem serviços de carteira, como a Tor.us, que permitem acesso sem senha (usando as contas do Facebook, Gmail, etc), protegendo suas chaves e tornando o processo mais seguro e conveniente.


Quais carteiras posso usar com NFTs?

Você pode usar carteiras com e sem custódia para armazenar sua arte cripto ou outros NFTs. No entanto, certifique-se de que a carteira utilizada é compatível com o tipo de NFT que deseja armazenar. Os NFTs podem existir em diferentes blockchains, mas mesmo que seja uma única blockchain, podem haver múltiplos padrões de tokens. Cada padrão tem características e regras diferentes que definem como os tokens são criados e usados.

Os padrões de token mais comuns são:

  1. Ethereum: ERC-721 e ERC-1155
  2. Binance Smart Chain: BEP-721 e BEP-1155

Se você pretende armazenar um NFT em uma carteira com custódia (como em uma exchange de criptomoedas) ou em uma carteira sem custódia, primeiro verifique o padrão de token do NFT. Após obter essas informações, certifique-se de que sua carteira é compatível com a blockchain e o padrão de token da sua arte digital.

A MetaMask, Trust Wallet e MathWallet são algumas das carteiras sem custódia que aceitam os NFTs mais comuns. No entanto, ao interagir com uma exchange centralizada, você usará uma carteira com custódia. Sua melhor opção é consultar o FAQ (perguntas frequentes) ou o site da sua exchange para obter informações sobre os NFTs compatíveis.


Como comprar um NFT com a minha carteira?

A compra de NFTs colecionáveis depende de duas coisas: o tipo de carteira e o marketplace que deseja utilizar. Se você deseja controle total sobre sua compra de NFT e deseja armazená-lo em uma carteira sem custódia, você deverá usar uma plataforma descentralizada, como a Featured by Binance.


Plataformas descentralizadas (não custodial)

Se você já usou a Binance DEX ou outra exchange descentralizada, já deve estar familiarizado com um sistema sem custódia. Ao usar uma exchange descentralizada, você não precisa criar uma conta ou se inscrever. Geralmente, são realizadas negociações diretas entre as carteiras de cada parte.


Marketplaces de NFT (custodial)

Um marketplace de NFT atua como um custodiante durante o processo de compra. Para dar um lance em um leilão, você deverá enviar seus fundos para a plataforma. Ou seja, os fundos estarão sob custódia. Depois de comprar seu NFT, você pode mantê-lo na carteira de custódia ou enviá-lo para outra carteira.

Marketplace de NFT da Binance também exige que você transfira fundos para sua carteira spot (custodial) para fazer ofertas ou comprar NFTs. Você precisará de saldo em sua conta Binance, pois o site não efetua transações diretamente com as carteiras externas.


Como eu crio ou vendo um NFT usando minha carteira?

Plataformas descentralizadas (não custodial)

O processo de criação de um NFT é chamado de emissão ou cunhagem. Para emitir um NFT, você precisa se conectar à sua carteira e fazer o upload de seus ativos digitais para uma plataforma de NFT, como a Featured by Binance. Na plataforma, você pode fazer upload de arquivos de imagens, áudio ou vídeo junto com alguns metadados (para descrever os detalhes de seus NFTs). Você tem a opção de criar NFTs individuais ou uma coleção, que consiste em um grupo de NFTs.

Após a emissão, seus ativos serão armazenados na rede e não podem ser alterados. Se quiser, você pode colocar seus NFTs à venda. A plataforma Featured by Binance oferece atualmente suporte para dois métodos de vendas no marketplace: vendas à preço fixo e vendas por leilão.

Assim que as vendas forem concluídas, seus NFTs serão distribuídos aos compradores. O valor das vendas será transferido das carteiras dos compradores para a sua. O processo é automatizado e protegido pelas regras dos contratos inteligentes.


Marketplaces de NFT (custodial)

Para vender seu NFT em um marketplace com serviço custodial, você deve depositá-lo na plataforma correspondente. Certifique-se de que a plataforma aceita o tipo de NFT que você deseja vender. É importante ter muito cuidado nesta etapa para não acabar enviando seus NFTs para uma plataforma incompatível, o que resultaria na perda de todos eles. Cada marketplace terá diferentes opções de vendas, como as vendas à preço fixo ou os leilões.

Depois de vender seu NFT, o marketplace o transferirá automaticamente para o novo proprietário. Seus fundos serão enviados diretamente para sua carteira externa ou estarão disponíveis para saque em sua conta.



Prós e contras de um serviço custodial de NFT

Um serviço custodial fornece uma maneira simples de encontrar correspondência entre compradores e vendedores de NFTs. É uma boa opção para novos usuários. Não há necessidade de se preocupar em perder sua chave, o que é um alívio até mesmo para usuários mais experientes. Geralmente, as interfaces são simples e todo o processo é tolerante a possíveis erros cometidos pelo usuário. A maioria das plataformas com serviços custodiais oferece suporte ao usuário, em caso de problemas.

Mas para muitos entusiastas de cripto, que valorizam a descentralização, não ter o controle direto sobre seus ativos é uma grande desvantagem. Além disso, as verificações KYC são padrão em alguns serviços custodiais de NFT, que exigem seu nome, endereço e identidade. Depois que seus dados são armazenados, existe o risco de que eles sejam roubados ou violados. Também acontecem ataques hackers em plataformas e serviços custodiais.


Prós e contras de um serviço não custodial de NFT

As plataformas NFT não custodiais fornecem um controle muito maior em todo o processo de transação. Negociar NFTs diretamente de sua carteira, sem um intermediário, proporciona taxas mais baratas e mais privacidade. No entanto, esses fatores dependem, principalmente, da rede que você está usando. Se, para você, privacidade é um fator muito importante e você deseja negociar anonimamente, não há necessidade de concluir verificações KYC. Você só precisa de uma carteira.

O controle não custodial apresenta algumas desvantagens. Para novos usuários que não estão familiarizados com as carteiras cripto, as opções sem custódia podem ser mais complicadas e menos convenientes do que as carteiras com custódia. Felizmente, no entanto, provedores de serviços como a Tor.us estão tornando os DApps muito mais fáceis de usar.

Atualmente, as exchanges não custodiais costumam ter menor liquidez e volume do que as custodiais - exceto para gigantes como o Uniswap. Mas quando se trata de NFTs, a indústria ainda está nos estágios iniciais, portanto são métricas difíceis de avaliar. Ainda assim, a liquidez depende da base de usuários e do volume de trading, portanto é possível que os serviços não custodiais superem os custodiais, em um futuro próximo. Existem projetos desenvolvendo marketplaces cross-platform (com suporte para múltiplas plataformas) não custodiais, que provavelmente eliminarão os problemas de liquidez.


NFTs Com Custódia vs. Sem Custódia - Resumo


Serviço de NFT com custódia

Serviço de NFT sem custódia

Chave Privada

Propriedade de terceiros

Propriedade do dono da carteira

Acessibilidade

Contas registradas

Acessível a qualquer pessoa

Custos de Transação

Geralmente maior

Geralmente menor

Segurança

Geralmente menor

Geralmente maior

Suporte

Geralmente maior

Geralmente menor

KYC

Sim

Não


Considerações finais

Dependendo das suas necessidades, ambas as opções custodiais e não custodiais têm suas vantagens. Uma plataforma NFT não custodial como a Featured By Binance é uma ótima opção para quem valoriza autonomia e segurança.
Para usuários menos experientes, pode ser mais interessante usar um marketplace e uma carteira de NFT com custódia. Os serviços de custódia permitem que você passe mais tempo interagindo e invista menos tempo para aprender a usar carteiras. Neste caso, o Marketplace de NFT da Binance é uma excelente opção.