O que é Backtesting?
O que é Backtesting?
InícioArtigos

O que é Backtesting?

Intermediário
Published Dec 8, 2020Updated Jun 25, 2021
6m

TL;DR

O backtesting pode ser uma etapa importante na otimização da sua relação com os mercados financeiros. Essa ferramenta ajuda a avaliar se suas ideias e estratégias de trading fazem sentido e se têm potencial de gerar lucro.

Mas como seria o backtesting de uma simples estratégia de investimento? Quais os cuidados necessários ao testar estratégias de trading? O backtesting é semelhante ao paper trading? Responderemos a todas essas perguntas neste artigo.

 

Introdução

O backtesting é uma ferramenta que você (como trader ou investidor) pode usar ao explorar novos mercados e estratégias. Ele pode fornecer feedbacks valiosos com base em dados e determinar se sua ideia inicial era válida.

Independentemente das classes de ativos que você negociar, o backtesting também não exige que você arrisque nenhum de seus fundos. Usando um software de backtesting em um ambiente de simulação, você pode criar e otimizar uma abordagem específica para um determinado mercado. Vamos analisar mais a fundo.

 

O que é backtesting?

Em finanças, o backtesting analisa a viabilidade de uma estratégia de negociação, testando como ela seria feita, com base em dados históricos. Em outras palavras, ele usa dados anteriores para avaliar os resultados de uma estratégia específica. Se o backtesting mostrar bons resultados, os traders ou investidores podem seguir em frente e aplicar a estratégia em um ambiente real.

Mas o que significam bons resultados neste caso? Bem, o objetivo de uma ferramenta de backtesting é analisar os potenciais riscos e a lucratividade de uma estratégia específica. A estratégia de investimento pode ser otimizada e aprimorada com base em feedbacks estatísticos para maximizar os possíveis resultados. Um backtest bem conduzido também pode fornecer garantia de que a estratégia é, ao menos, viável para implementação em um ambiente de trading real. 

Naturalmente, uma plataforma ou ferramenta de backtesting também pode ser útil para mostrar quando uma estratégia não é viável ou muito arriscada. Se os resultados do backtesting indicarem um desempenho abaixo do ideal, a ideia de trade deve ser descartada ou modificada. No entanto, também é importante considerar as condições de mercado no momento do teste. O mesmo backtesting pode apresentar resultados diferentes, dependendo da variação das condições de mercado.

Em um nível mais profissional, as estratégias de trading de backtesting são absolutamente essenciais, especialmente quando se trata de estratégias de trading algorítmicas (ou seja, trading automatizado).

 

Como funciona o backtesting?

A ideia do backtesting é que estratégias que funcionaram no passado podem funcionar no futuro. No entanto, isso pode ser algo bem difícil de se determinar. Uma estratégia lucrativa em um mercado específico pode fracassar completamente em outro.

O backtesting com um conjunto de dados inconsistentes ou enganosos pode gerar resultados ruins. É por isso que é fundamental encontrar uma boa amostra para o período de backtesting que reflita o ambiente de mercado atual. Essa pode ser uma tarefa muito difícil, pois o mercado está em constante mudança.

Antes de decidir fazer o backtesting de uma estratégia, pode ser uma boa ideia determinar o que exatamente você está tentando descobrir. O que tornaria a estratégia viável? Por outro lado, o que invalidaria suas suposições? Se você tiver essas informações de antemão, será menos provável que os resultados afetem suas ideias iniciais.

O backtesting também deve incluir taxas de trading e de saque, bem como outro custo que a estratégia possa incorrer. Também vale notar que o software de backtesting pode custar caro, assim como o acesso a dados de mercado de alta qualidade.

Falando nisso, se quiser obter acesso aos dados históricos da plataforma da Binance Futures, por favor preencha este formulário de inscrição.
Tenha em mente que backtesting é, como o nome já diz, um teste. De maneira semelhante à análise técnica e a interpretação de gráficos, não há absolutamente nenhuma garantia de que funcionará, mesmo que o backtesting produza ótimos resultados baseado em dados históricos.

 

Exemplo de backtesting

Vamos analisar uma estratégia de longo prazo extremamente simples para o Bitcoin.

Aqui está nosso sistema de trading:

  • Compramos Bitcoin no primeiro fechamento semanal acima da média móvel de 20 semanas.
  • Vendemos Bitcoin no primeiro fechamento semanal abaixo da média móvel de 20 semanas.

 

Essa estratégia produz apenas alguns sinais por ano. Vamos analisar o período a partir de 2019.

Gráfico semanal do Bitcoin desde 2019. 

 

A estratégia produziu cinco sinais no período de tempo medido: 

  • Comprar a ~$4.000

  • Vender a ~$8.000

  • Comprar a ~$8.500

  • Vender a ~$8.000

  • Comprar a ~$9.000

 

Portanto, nossos resultados de backtesting mostram que essa estratégia teria sido lucrativa. Isso significa que é uma garantia de que ela continuará funcionando? Não. Significa apenas que, olhando para esse conjunto de dados específico, a estratégia teria dado lucro. Você pode considerar este resultado como um ponto de referência aproximado.

Tenha em mente; analisamos apenas dados de períodos inferiores a dois anos. Para transformar isso em uma estratégia viável, pode ser uma boa ideia voltar ainda mais no tempo e testá-la com mais ações do preço.

Dito isso, este é um começo promissor. A nossa ideia inicial parece sólida e talvez seja possível criar uma estratégia de investimento a partir dela, com mais algumas otimizações. Que tal incluirmos mais métricas e indicadores técnicos para tornar os sinais mais confiáveis? Tudo depende de nossas próprias ideias, horizonte de tempo de investimento e tolerância ao risco.


 

Backtesting vs. paper trading

Portanto, agora temos uma ideia de como pode ser o backtesting e demos uma olhada em uma estratégia de investimento muito simples. Também já sabemos que o desempenho passado não é indicativo de resultados futuros.

Então, como podemos otimizar uma estratégia sistemática para as condições atuais do mercado? Podemos experimentar em um mercado real, mas sem arriscar fundos de verdade. Essa atividade é conhecida como forward performance testing ou paper trading.

Paper trading é a simulação de uma estratégia em um ambiente de trading real. É chamado de paper trading porque, embora os trades sejam documentados e registrados, nenhum fundo real é usado. Com o paper trading, é possível aprimorar uma estratégia e ter uma ideia de seu possível desempenho.

Ótimo, mas por onde começar? A rede de teste da Binance Futures é o lugar perfeito para você testar estratégias aqui e agora, sem arriscar seus fundos. Você pode criar uma conta em questão de minutos e testar estratégias em um ambiente semelhante, como se estivesse fazendo trades em mercados reais.

Tome cuidado com o "cherry-picking" (escolha seletiva), que é quando o usuário seleciona apenas um determinado subconjunto de dados para confirmar um ponto de vista tendencioso. O objetivo do forward testing é testar a estratégia como se ela fosse acontecer em tempo real. Se o sistema diz para você fazer algo, faça. Se você escolher somente trades que "parecem boas" com base em seus próprios conceitos enviesados, o teste para a estratégia sistemática será inválido.

 

Backtesting manual vs. automatizado

O backtesting manual envolve a análise de gráficos e dados históricos e a criação manual de trades de acordo com a estratégia. O backtesting automatizado faz essencialmente o mesmo, mas o processo é automatizado por códigos de computador (usando linguagens de programação como Python ou softwares de backtesting especializados).

Muitos traders usam planilhas do Google ou Excel para avaliar o desempenho de uma estratégia. Esses documentos funcionam como relatórios para os usuários que testam estratégias. Eles podem incluir todos os tipos de informações, como plataforma, classe de ativos, período, número de trades (com resultados positivos ou negativos), índice de Sharpe, máximo drawdown, lucro líquido e muito mais.
Basicamente, o índice de Sharpe é usado para avaliar o potencial ROI de uma estratégia em relação aos riscos. Quanto maior o valor do índice de Sharpe, mais atraente é o investimento ou estratégia de trading.

O máximo drawdown representa o momento em que sua estratégia de trade teve o pior desempenho em relação ao último pico (ou seja, a maior queda percentual que sua carteira teve durante o período analisado).

 

Considerações finais

Muitos traders e investidores dependem fortemente do uso de backtesting para suas estratégias. É um dos instrumentos essenciais no kit de ferramentas de qualquer Algo Trader (trader de algoritmos).

No entanto, interpretar os resultados do backtesting pode ser complicado. É muito comum inserir seus próprios pensamentos enviesados no método de backtesting. O uso de backtesting por si só, provavelmente não é capaz de criar estratégias viáveis de trades, mas esse método pode lhe ajudar a testar algumas ideias e a coletar informações do mercado.