O que s√£o Contratos de Op√ß√Ķes?
P√°gina Inicial
Artigos
O que s√£o Contratos de Op√ß√Ķes?

O que s√£o Contratos de Op√ß√Ķes?

Avançado
Publicado em Jun 3, 2019Atualizado em Dec 16, 2022
9m

O Que s√£o Contratos de Op√ß√Ķes?

Um contrato de op√ß√Ķes √© um contrato que d√° ao trader o direito de comprar ou vender um ativo por um pre√ßo predeterminado em uma data definida ou antes dessa data. Embora possa parecer semelhante aos¬†contratos futuros, os traders que compram contratos de op√ß√Ķes n√£o s√£o obrigados a honrar suas posi√ß√Ķes.
Os contratos de op√ß√Ķes s√£o derivativos que podem ser baseados em uma ampla gama de ativos, incluindo a√ß√Ķes e¬†criptomoedas. Esses contratos tamb√©m podem estar relacionados a¬†√≠ndices financeiros. Muitos traders e investidores usam esses tipos de contrato para diminuir riscos.


Como funcionam os contratos de op√ß√Ķes?

Existem dois tipos b√°sicos de op√ß√Ķes, conhecidas como Puts e Calls. As op√ß√Ķes de Call d√£o aos propriet√°rios do contrato o direito de comprar o respectivo ativo, enquanto as op√ß√Ķes de Put conferem o direito de venda. Desse modo, os traders geralmente optam por Calls na expectativa de que o pre√ßo do ativo aumente e optam por Puts quando esperam que o pre√ßo diminua. Traders tamb√©m podem usar Calls e Puts na expectativa de que os pre√ßos permane√ßam est√°veis - ou at√© mesmo uma combina√ß√£o dos dois tipos - apostando a favor ou contra a volatilidade do mercado.

Um contrato de op√ß√Ķes consiste de pelo menos quatro componentes: tamanho, data de vencimento, pre√ßo de exerc√≠cio (Strike Price) e custo do contrato (Premium). O tamanho da ordem refere-se ao n√ļmero de contratos a serem negociados. A data de vencimento √© a data ap√≥s a qual um trader n√£o pode mais exercer a op√ß√£o. O Strike Price √© o pre√ßo pelo qual o ativo ser√° comprado ou vendido (caso o comprador do contrato decida exercer essa op√ß√£o). O Premium √© o pre√ßo de negocia√ß√£o do contrato de op√ß√Ķes. Ele indica o valor que um investidor deve pagar para obter o poder de escolha. Assim, os compradores adquirem contratos de vendedores (writers) de acordo com o valor do Premium, que muda √† medida que a data de vencimento se aproxima.

Basicamente, se o Strike Price for menor do que o pre√ßo de mercado, o trader pode comprar o ativo subjacente com desconto e ap√≥s incluir o valor do Premium na equa√ß√£o, ele pode optar por exercer o contrato para obter lucro. Entretanto, se o Strike Price for maior que o pre√ßo de mercado, o comprador n√£o tem motivos para exercer a op√ß√£o e o contrato √© considerado in√ļtil. Quando o contrato n√£o √© exercido, o comprador perde apenas o Premium pago ao entrar na posi√ß√£o.

√Č importante notar que, embora os compradores possam escolher entre exercer ou n√£o suas Calls e Puts, os vendedores dependem da decis√£o dos compradores. Portanto, se um comprador de uma Call decide exercer seu contrato, o vendedor √© obrigado a vender o respectivo ativo. Da mesma forma, se um trader compra um contrato de op√ß√£o Put e decide exerc√™-lo, o vendedor √© obrigado a comprar o ativo. Isso significa que os vendedores est√£o expostos a riscos maiores que os compradores. Enquanto os compradores t√™m suas perdas limitadas ao valor do Premium pago pelo contrato, os escritores podem perder muito mais dependendo do pre√ßo de mercado.

Alguns contratos d√£o aos traders o direito de exercer sua op√ß√£o a qualquer momento antes da data de vencimento. Esses tipos de contrato s√£o conhecidos como contratos de op√ß√Ķes Americanos. Por outro lado, os contratos de op√ß√Ķes Europeus s√≥ podem ser exercidos na data de vencimento. Vale notar, no entanto, que essas denomina√ß√Ķes n√£o t√™m nada a ver com a sua localiza√ß√£o geogr√°fica.


Premium

O valor do Premium depende de m√ļltiplos fatores. Para simplificar, podemos considerar que o Premium de uma op√ß√£o depende de pelo menos quatro elementos: do pre√ßo do ativo, do Strike Price, do tempo restante at√© a data de vencimento e da volatilidade do mercado (ou √≠ndice). Esses quatro componentes apresentam diferentes efeitos sobre o valor do Premium das op√ß√Ķes de compra e venda, conforme ilustrado na tabela a seguir.



Premium - Calls

Premium - Puts

Preço do ativo em alta

Aumenta

Diminui

Maior Strike Price

Diminui

Aumenta

Menos tempo

Diminui

Diminui

Volatilidade

Aumenta

Aumenta


Naturalmente, o pre√ßo do ativo e o Strike Price influenciam o Premium das Calls e Puts de forma oposta. Menos tempo geralmente implica em menores pre√ßos de Premium para os dois tipos de op√ß√Ķes. O principal motivo disto √© que, com menos tempo, existe uma menor probabilidade de que os contratos se tornem favor√°veis aos traders. Em contrapartida, o aumento dos n√≠veis de volatilidade geralmente faz com que os pre√ßos de Premium subam. Ou seja, o Premium do contrato de op√ß√£o √© um resultado desses e de outros fatores combinados.


Options Greeks

Conhecidas tamb√©m como ‚ÄúGregas‚ÄĚ em portugu√™s, as Options Greeks s√£o letras do alfabeto grego que s√£o usadas no mercado de op√ß√Ķes como instrumentos de an√°lise dos m√ļltiplos fatores que afetam o pre√ßo de um contrato. Tecnicamente, as Greeks s√£o valores estat√≠sticos que medem os riscos de um contrato com base em diferentes vari√°veis. A seguir, algumas das principais Greeks e uma breve descri√ß√£o do que elas representam:

  • Delta:¬†mede quanto o pre√ßo de um contrato de op√ß√Ķes mudar√° em rela√ß√£o ao pre√ßo do ativo subjacente. Por exemplo, um Delta de 0,6 sugere que o pre√ßo do Premium provavelmente movimentar√° US $ 0,60 para cada movimento de US $ 1 no pre√ßo do ativo.

  • Gamma:¬†mede a taxa de mudan√ßa do Delta ao longo do tempo. Portanto, se o Delta mudar de 0,6 para 0,45, o Gama seria 0,15.

  • Theta:¬†mede a varia√ß√£o de pre√ßo em rela√ß√£o a uma redu√ß√£o de um dia no tempo do contrato. Ele sugere quanto o Premium deve mudar √† medida que o contrato de op√ß√Ķes se aproxima da data de vencimento.

  • Vega:¬†mede a taxa de mudan√ßa de pre√ßo do contrato em rela√ß√£o √† uma mudan√ßa de 1% na volatilidade impl√≠cita do ativo subjacente. Um aumento no Vega normalmente reflete um aumento no pre√ßo de Calls e Puts.

  • Rho:¬†mede a varia√ß√£o de pre√ßos esperada em rela√ß√£o √†s flutua√ß√Ķes nas taxas de juros. Taxas de juros maiores geralmente causam um aumento nas Calls e uma diminui√ß√£o nas Puts. Assim, o valor de Rho √© positivo para Calls e negativo para Puts.


Casos de uso comuns

Hedging

Contratos de op√ß√Ķes s√£o amplamente utilizados como instrumentos de Hedging (cobertura contra riscos de grandes varia√ß√Ķes de pre√ßo). Um exemplo b√°sico de estrat√©gia de hedging √© quando traders compram op√ß√Ķes Put de a√ß√Ķes que j√° possuem. Se o valor dos seus investimentos cair muito, o exerc√≠cio da op√ß√£o Put pode ajud√°-lo a atenuar as perdas.

Por exemplo, imagine que Alice comprou um lote de 100 a√ß√Ķes por $50, esperando que o pre√ßo de mercado aumentasse. No entanto, para se proteger contra a possibilidade de queda dos pre√ßos das a√ß√Ķes, ela decidiu comprar op√ß√Ķes Put com um Strike Price de $48, pagando um Premium de $2 por a√ß√£o. Se a a√ß√£o cair para $35, Alice poder√° exercer seu contrato para reduzir as perdas, vendendo cada a√ß√£o por $48 ao inv√©s de $35. Mas se o mercado operar em alta, ela n√£o precisar√° exercer o contrato e s√≥ perder√° o Premium pago ($2 por a√ß√£o).

Nesse cen√°rio, Alice teria um ponto de ‚ÄúBreak even‚ÄĚ nos $52 ($50 + $2 por a√ß√£o), ou seja, n√£o teria nem lucro nem preju√≠zo. Por outro lado, suas perdas estariam limitadas a -$400 ($200 pago pelo Premium e mais $200 de preju√≠zo se ela vender as a√ß√Ķes por $48).


Trading especulativo

As op√ß√Ķes tamb√©m podem ser usadas para trading especulativo. Por exemplo, um trader que acredita que o pre√ßo de um ativo est√° prestes a subir, pode comprar uma op√ß√£o Call. Se o pre√ßo do ativo subir acima do Strike Price, o trader pode ent√£o exercer a op√ß√£o e comprar o ativo com desconto. Quando o pre√ßo de um ativo est√° acima ou abaixo do Strike Price de uma maneira que torna o contrato lucrativo, a op√ß√£o √© considerada "in-the-Money‚ÄĚ (‚Äúdentro do dinheiro‚ÄĚ). Da mesma forma, um contrato √© considerado "at the money" (‚Äúno dinheiro‚ÄĚ) se estiver em seu ponto de equil√≠brio e "out-of-the-money" (‚Äúfora do dinheiro‚ÄĚ) se estiver em uma situa√ß√£o de preju√≠zo.


Estratégias básicas

Ao realizar trading de op√ß√Ķes, os traders podem empregar uma ampla gama de estrat√©gias, que s√£o baseadas em quatro posi√ß√Ķes b√°sicas. Um comprador pode comprar uma op√ß√£o Call (direito de compra) ou op√ß√£o Put (direito de venda). Um vendedor pode vender contratos de op√ß√Ķes Call ou Put. Como mencionado, os vendedores s√£o obrigados a comprar ou vender os ativos se o titular do contrato decidir exerc√™-lo.

As diferentes estrat√©gias de trading de op√ß√Ķes s√£o baseadas nas v√°rias combina√ß√Ķes poss√≠veis de contratos de Call e Put. Protective puts, covered calls, straddle, e strangle s√£o alguns exemplos b√°sicos dessas estrat√©gias.

  • Protective put:¬†√© a compra de um contrato de op√ß√£o Put de um ativo que j√° √© de propriedade do trader. Essa √© a estrat√©gia de hedging usada por Alice no exemplo anterior. √Č conhecido tamb√©m como seguro de carteira, pois protege o investidor de uma poss√≠vel tend√™ncia de baixa, ao mesmo tempo em que mant√©m sua possibilidade de lucro caso o pre√ßo do ativo aumente.

  • Covered call:¬†√© a venda de uma op√ß√£o Call de um ativo que j√° √© de propriedade do trader. Essa estrat√©gia √© utilizada por investidores que buscam gerar um lucro adicional de seus investimentos (na forma de Premium). Se o contrato n√£o for exercido, eles recebem o valor do Premium e mant√™m seus ativos. No entanto, se o contrato √© exercido devido a um aumento no pre√ßo de mercado, eles s√£o obrigados a vender suas posi√ß√Ķes.

  • Straddle: envolve a compra das op√ß√Ķes Call e Put de um mesmo ativo com Strike Price e data de vencimento id√™nticos. Isso permite que o trader lucre contanto que o ativo tenha movimenta√ß√Ķes de mercado suficientes em qualquer dire√ß√£o. Simplificando, o trader est√° apostando na¬†volatilidade do mercado.
  • Strangle:¬†envolve a compra de ambas as op√ß√Ķes Call e Put quando est√£o ‚ÄĚout-of-the-Money‚ÄĚ (ou seja, Strike Price acima do pre√ßo de mercado para op√ß√£o Call e abaixo para op√ß√£o Put). Basicamente, o conceito de Strangle √© como o Straddle, mas com custos mais baixos para estabelecer uma posi√ß√£o. No entanto, o Strangle exige um n√≠vel maior de volatilidade para ser rent√°vel.


Vantagens

  • Adequado para estrat√©gias de prote√ß√£o contra riscos de mercado.

  • Mais flexibilidade para trading especulativo.

  • Permite diversas combina√ß√Ķes de estrat√©gias de trading, com padr√Ķes √ļnicos de risco/recompensa.

  • Potencial de lucro em todas as tend√™ncias de mercado (bull, bear e side-way).

  • Pode ser usado para reduzir custos ao entrar em posi√ß√Ķes.

  • Permite que m√ļltiplas trades sejam realizadas simultaneamente.


Desvantagens

  • Os mecanismos de funcionamento e os c√°lculos dos valores de Premium s√£o complexos.

  • Muitos riscos envolvidos, principalmente para os vendedores (writers).

  • Estrat√©gias de trading mais complexas quando comparadas √†s alternativas convencionais.

  • Os mercados de op√ß√Ķes s√£o frequentemente afetados por baixos n√≠veis de liquidez, tornando-os menos atrativos para a maioria dos traders.

  • O valor do Premium √© altamente vol√°til e tende a cair conforme a data de vencimento se aproxima.


Contratos de op√ß√Ķes vs. contratos futuros

Tanto os contratos de op√ß√Ķes quanto os contratos futuros s√£o instrumentos derivativos e, por isso, apresentam casos de uso em comum. Mas, apesar de suas semelhan√ßas, h√° uma grande diferen√ßa entre os dois no que diz respeito ao mecanismo de liquida√ß√£o.

Ao contr√°rio dos contratos de op√ß√Ķes, os contratos futuros s√£o sempre executados na data de vencimento. Ou seja, os titulares do contrato s√£o legalmente obrigados a negociar o ativo (ou o respectivo valor em dinheiro). Por outro lado, o contrato de op√ß√Ķes √© exercido a crit√©rio do trader que det√©m o contrato. Se o titular do contrato (comprador) decidir exercer a op√ß√£o, o vendedor do contrato (writer) √© obrigado a negociar o respectivo ativo.


Considera√ß√Ķes finais

Como o nome sugere, o contrato de op√ß√Ķes d√° ao investidor o poder de escolha para comprar ou vender um ativo no futuro, independente do pre√ßo do mercado. Esse tipo de contrato √© muito vers√°til e pode ser usado em diversos cen√°rios - n√£o apenas no trading especulativo como tamb√©m na execu√ß√£o de estrat√©gias de hedging.¬†

No entanto, vale notar que opera√ß√Ķes com contratos de op√ß√Ķes, bem como outros derivativos, envolvem muitos riscos. Sendo assim, antes de optar por utilizar esse tipo de contrato, o trader deve ter um bom entendimento sobre seu funcionamento. Tamb√©m √© importante ter conhecimento sobre as diferentes combina√ß√Ķes de Calls e Puts e os potenciais riscos envolvidos em cada estrat√©gia. Deve-se considerar tamb√©m, o uso de estrat√©gias de gerenciamento de risco, juntamente com as an√°lises¬†t√©cnica e¬†fundamental para reduzir suas potenciais perdas.
Compartilhar publica√ß√Ķes
Registre uma conta
Coloque seus conhecimentos em pr√°tica. Abra uma conta na Binance hoje mesmo.