O que são "Corretoras em Ninho" e Por Que Você Deve Evitá-las?
Tabela de Conteúdos
Introdução
O que é ninho (nesting)?
O que é uma corretora de criptomoedas em ninho?
Qual o perigo do ninho?
Quais são os perigos de uma corretora de criptomoedas em ninho?
Qual é a diferença entre uma corretora em ninho e uma corretora descentralizada?
O incidente da corretora em ninho Suex
Como identificar uma corretora em ninho?
Considerações finais
O que são "Corretoras em Ninho" e Por Que Você Deve Evitá-las?
Página InicialArtigos
O que são "Corretoras em Ninho" e Por Que Você Deve Evitá-las?

O que são "Corretoras em Ninho" e Por Que Você Deve Evitá-las?

Iniciante
Publicado em Dec 3, 2021Atualizado em Jan 14, 2022
6m

TL;DR

Uma corretora de criptomoedas em ninho fornece aos seus clientes serviços de criptomoedas por meio de uma conta em outra corretora. Ela não facilita a negociação diretamente. Em vez disso, ela atua como uma ponte entre os usuários e outros provedores de serviços. O ninho é comumente usado em bancos tradicionais para fornecer serviços que um banco específico não pode, como transferências internacionais.

No espaço das criptomoedas, as corretoras em ninho geralmente têm processos KYC e AML frouxos ou não tem. Essa falta de conformidade é frequentemente explorada por cibercriminosos. As corretoras em ninho ajudam a apoiar a lavagem de dinheiro, golpistas e pagamentos de ransomware.

Ao negociar em uma corretora em ninho, você está confiando a ela a custódia de seus ativos. Elas fornecem menos segurança e menos garantias do que uma corretora centralizada ou descentralizada que atua em conformidade. Você também pode enfrentar questões legais ao lidar com corretoras em ninhos que já sofreram sanções.

Ao usar uma corretora, você deve certificar-se de que esta possui as verificações KYC e AML adequadas. Geralmente, esses processos levam dias para serem concluídos. Se a corretora permite que você negocie quase que instantaneamente e sem limites, você deve investigar mais a fundo. Uma corretora legítima não esconde como as negociações são feitas, e você pode facilmente visualizar a origem de seus fundos em um explorador de blockchain.

Introdução

É essencial negociar a compra e venda de criptomoedas usando um site confiável. No entanto, você precisa ter paciência ao preencher as verificações KYC e AML para se manter seguro. Por esse motivo, alguns usuários optam por usar corretoras que oferecem pouca ou nenhuma verificação de cadastro e oferecem negociação instantânea. 

Embora algumas possam ser corretoras descentralizadas legítimas, outras podem ser corretoras em ninho que lidam com fundos roubados e lavados. Seus fundos nunca estão seguros em uma corretora em ninho. Para garantir que sua criptomoeda está segura, é importante entender o que são corretoras em ninho, o que fazem e como você pode reconhecê-las.

O que é ninho (nesting)?

O ninho ocorre quando um provedor de serviços financeiros cria uma conta em outra instituição financeira para usar seus serviços. O titular da conta então atua como uma ponte, oferecendo serviços aos seus clientes por meio da conta em ninho. Isso ocorre por diversos motivos. Por exemplo, um banco em um país fornece seus serviços bancários e ecossistema a um banco que opera em um país diferente, conhecido como banco correspondente.

Imagine um cliente que deseja transferir dinheiro para uma conta bancária na Austrália. O seu banco pode não ser capaz de fazer isso, mas pode usar um banco correspondente para transferir os fundos para o cliente. O banco do cliente processaria a solicitação de transferência por meio de sua conta em ninho no banco correspondente. O banco correspondente deve cuidar e conduzir a devida diligência no banco com o qual trabalha. O banco correspondente basicamente atende clientes que eles não conhecem, portanto, eles precisam confiar no titular da conta em ninho.

O que é uma corretora de criptomoedas em ninho?

Uma corretora de criptomoedas em ninho (nested cryptocurrency exchange) funciona de uma forma bastante simples. Uma entidade ou pessoa cria uma conta em uma corretora regulada. Em seguida, eles usam essa conta para oferecer serviços de trading a terceiros por meio de suas contas em ninho. Essas corretoras às vezes são conhecidas como corretoras instantâneas e costumam ter várias contas em corretoras diferentes.
Alguns podem pedir documentos de identificação, mas outros podem exigir pouca ou nenhuma identificação. Isso os torna uma escolha popular para scammers, fraudadores e ransomers. Algumas corretoras em ninho até permitem a compra e venda de criptomoedas pessoalmente em dinheiro.

Qual o perigo do ninho?

Quando se trata de finanças tradicionais, um dos maiores problemas é o risco de lavagem de dinheiro. Como o banco correspondente só lida diretamente com o banco subjacente, eles não podem ter certeza com quem estão lidando. É por isso que o aninhamento requer verificações aprimoradas de devida diligência no banco subjacente. Indivíduos ou países inteiros podem receber classificações negativas e sanções. Se um banco subjacente não cumprir essas regras, o banco respondente pode acabar apoiando atividades ilegais, como não cumprir sanções ou por lavagem de dinheiro.

Como a indústria de criptomoedas ainda está desenvolvendo regulamentações robustas, é mais fácil para as corretoras em ninho operarem fora do radar. Uma corretora em ninho pode abrir uma conta com uma grande corretora de criptomoedas sem que seja facilmente notada.

Quais são os perigos de uma corretora de criptomoedas em ninho?

Quando você usa uma corretora de criptomoeda em ninho, você não prejudica apenas as corretoras centralizadas. Você e seus fundos também estão em perigo por vários motivos:

1. Seus depósitos têm menos segurança do que com uma corretora regulada.

2. Você pode estar apoiando atividades ilegais que financiam o crime e o terrorismo.

3. As autoridades reguladoras podem encerrar a corretora, fazendo com que você perca sua criptomoeda ou outros fundos.

4. Você pode enfrentar repercussões legais se trabalhar conscientemente com uma corretora que esteja envolvida com atividades ilícitas.

A melhor maneira de evitar isso é não usar corretoras de criptomoedas em ninho. Identificá-las pode ser complicado, pois nem sempre é óbvio. Siga nossas dicas para ter uma chance melhor de se proteger.

Qual é a diferença entre uma corretora em ninho e uma corretora descentralizada?

No início, uma corretora em ninho e uma corretora descentralizada parecem semelhantes. Corretoras descentralizadas não exigem KYC, e corretoras em ninho podem ter processos leves de KYC, ou nenhum. No entanto, a forma com que lidam com as transações é diferente. Uma corretora descentralizada conectará os compradores diretamente aos vendedores ou até mesmo usará pools de liquidez. A corretora nunca assumirá a custódia da criptomoeda negociada. Em vez disso, contratos inteligentes lidam com o processo. No entanto, uma corretora em ninho assumirá a custódia direta de sua criptomoeda e usará os serviços de outra corretora.

O incidente da corretora em ninho Suex

Vamos ver um exemplo do mundo real. Em 21 de setembro de 2021, o Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) sancionou a corretora de criptomoedas Suex, constituída na República Tcheca e operando na Rússia. A Suex OTC forneceu um serviço de corretora de criptomoeda em ninho usando a Binance e outras grandes corretoras para atender seus clientes. A Suex utilizava pouco ou nenhum KYC e até oferecia negociação de criptomoedas com entrega de dinheiro pessoalmente.

De acordo com a pesquisa da Chainalysis, a Suex ajudou a lavar um alto volume de fundos de ataques de ransomware e hacks. A Binance desativou proativamente várias contas associadas à Suex, e a OFAC colocou na lista negra quase 30 diferentes carteiras de Bitcoin, Tether e Ethereum. A Binance também excluiu o Chatex, um criptobanco com ligações à Suex. Chatex, desde então, enfrentou sanções da OFAC. Qualquer pessoa que negociou com a Suex possui risco de ser legalmente responsabilizada, e seu site foi retirado do ar desde a decisão do OFAC

Como identificar uma corretora em ninho?

Normalmente, as corretoras aninhadas não tornam óbvio o que realmente são. Os pontos a seguir são um bom começo para identificar uma corretora aninhada e manter você e seus fundos seguros:

1. Elas não exigem verificação de KYC ou AML ou possuem um requisito mínimo. Chama atenção quando o cadastro na corretora é quase instantâneo e sem limites.

2. A UI não mostra claramente onde a negociação ocorre.

3. Não há uma declaração clara de que a corretora está facilitando as negociações. Uma corretora legítima mostra diretamente onde ocorre o trading por meio de sua plataforma, o que não acontece com uma conta em ninho.

4. A corretora agrega taxas diferentes à sua escolha. Isso significa que a corretora está usando contas aninhadas com várias corretoras.

5. Se você suspeita que usou uma corretora em ninho, tente seguir a trilha da sua criptomoeda na blockchain com o explorador de blockchain. Você pode descobrir que veio de uma carteira associada a outra corretora.

Considerações finais

Você está sempre mais seguro comprando seu bitcoin, BNB, e outras moedas digitais com uma corretora de criptomoedas regulamentada como a Binance. Embora possa demorar um pouco para se inscrever pela primeira vez, os procedimentos adequados de KYC e AML ajudam a mantê-lo seguro. Você deve tratar uma corretora como faria com qualquer outra instituição financeira e fazer a devida diligência antes de usá-la.