Guia para Iniciantes Sobre os Padrões Clássicos de Gráficos
HomeArticles

Guia para Iniciantes Sobre os Padrões Clássicos de Gráficos

Iniciante
2w ago
6m

Conteúdo


O que são os padrões clássicos de gráficos?

Existem muitas maneiras diferentes de analisar os mercados financeiros usando análise técnica (TA). Alguns traders usam indicadores e osciladores, enquanto outros preferem basear sua análise apenas na movimentação de preços.

Os gráficos de Candlestick (velas) apresentam uma visão geral histórica dos preços ao longo do tempo. A ideia é que, estudando a ação histórica do preço de um ativo, padrões recorrentes possam surgir. Os padrões de Candlestick podem ser muito úteis apresentando o histórico do ativo mapeado e muitos traders tentam tirar proveito disso nos mercados de ações, forex e de criptomoedas.

Alguns dos exemplos mais comuns desses padrões são coletivamente chamados de padrões clássicos de gráficos. São alguns dos mais conhecidos do mercado e muitos traders os veem como indicadores confiáveis. Por que? Fazer trading e investir é encontrar uma vantagem em algo que os outros ignoraram, certo? Sim, mas também se tem a ver com a psicologia de massa. Como os padrões técnicos não estão vinculados a nenhum princípio científico ou lei física, sua eficácia depende muito do número de participantes do mercado que está de fato dando atenção a eles.


Flags (bandeiras)

Uma Flag é uma área de consolidação contrária à tendência de longo prazo e ocorre após um movimento acentuado de preço. Parece uma bandeira em um mastro, onde o mastro é o movimento de impulso e a bandeira é a área de consolidação.

As Flags podem ser usadas para identificar uma possível continuação de tendências. O volume que acompanha o padrão também é importante. Idealmente, o movimento de impulso deve ocorrer em um ponto de alto volume, enquanto a fase de consolidação deve se apresentar quando o volume é menor e decrescente.


Bull flag

padrão de gráfico bull flag


A Bull Flag (bandeira do touro) ocorre em uma tendência de alta, segue um movimento acentuado para cima e geralmente é seguida de uma continuação da tendência de alta.


Bear flag

padrão de gráfico bear flag


A Bear Flag (bandeira do urso) ocorre em uma tendência de baixa, segue um movimento acentuado para baixo e geralmente é seguida de uma continuação da tendência de baixa.


Pennant (flâmula)

padrão de gráfico pennant


A chamada "Pennant" (flâmula) é basicamente uma variante de Flags em que a área de consolidação apresenta linhas de tendência convergentes, semelhantes a um triângulo. A Pennant é uma formação neutra; sua interpretação depende muito do contexto.


Triângulos

Um triângulo é um padrão de gráfico caracterizado por uma faixa de preço convergente que normalmente é seguida pela continuação da tendência. O próprio triângulo mostra uma pausa na tendência subjacente, mas pode indicar uma reversão ou uma continuação.


Triângulo ascendente

padrão de gráfico triângulo ascendente


O triângulo ascendente se forma quando há uma área de resistência horizontal e uma linha de tendência crescente traçada ao longo de uma sequência de valores mínimos crescentes. Essencialmente, cada vez que o preço salta da linha de resistência horizontal, os compradores entram com preços mais altos, criando pontos mínimos com valores mais altos que os anteriores. À medida que a tensão aumenta na área de resistência, se o preço eventualmente a ultrapassar, a tendência é que ocorra um rápido aumento com alto volume . Sendo assim, o triângulo ascendente é um padrão de alta (bullish pattern).


Triângulo descendente

padrão de gráfico triângulo descendente


O triângulo descendente é o inverso do triângulo ascendente. Ele se forma quando há uma área de suporte horizontal e uma linha de tendência descendente, traçada em uma sequência de valores máximos decrescentes. Da mesma forma que o triângulo ascendente, cada vez que o preço salta da linha de suporte horizontal, os vendedores entram a preços mais baixos, criando pontos máximos com valores mais baixos. Normalmente, se o preço ultrapassar a área de suporte horizontal, ele apresenta um rápida baixa com alto volume. Ou seja, este é um padrão de baixa (bearish pattern). 


Triângulo simétrico

triângulos simétricos


O triângulo simétrico é traçado por uma linha de tendência descendente e uma linha de tendência mais baixa em ascensão, ambas apresentando uma inclinação semelhante. O triângulo simétrico não é um padrão de alta nem de baixa, pois sua interpretação depende muito do contexto (ou seja, depende da tendência subjacente). Por si só, é considerado um padrão neutro, representando simplesmente um período de consolidação.


Wedges (cunhas)

Um padrão Wedge (cunha) é formado através da conversão de linhas de tendência, indicando uma movimentação mais estreita no preço. A linha de tendência, neste caso, indica que os valores máximos e mínimos estão subindo ou descendo, em ritmos diferentes.

Isso pode significar que uma reversão está por vir, pois a tendência subjacente está ficando mais fraca. Um padrão de Wedge pode ser acompanhado pela diminuição do volume, indicando também que a tendência pode estar perdendo impulso.


Rising wedge (cunha ascendente)

rising wedge (cunha ascendente)


O Rising Wedge (cunha ascendente) é um padrão de reversão de baixa. Isso sugere que, à medida que o preço aumenta, a tendência de alta fica cada vez mais fraca e pode finalmente romper a linha de tendência mais baixa. 


Falling wedge (cunha descendente)

padrão de gráfico falling wedge (cunha descendente)


O Falling Wedge (cunha descendente) é um padrão de reversão de alta. Ele indica que a tensão está aumentando à medida que os preços caem e as linhas de tendência estão ficando mais estreitas. Um Falling Wedge geralmente apresenta um rompimento no sentido ascendente, com um movimento de impulso.




Pensando em investir em criptomoedas? Compre Bitcoin na Binance!




Double top e double bottom

Double top e double bottom são padrões que ocorrem quando o mercado apresenta movimentos com formato de “M” ou de “W”. Vale notar que esses padrões podem ser válidos mesmo que os preços relevantes não sejam exatamente os mesmos, mas próximos um do outro.

Normalmente, os dois pontos de mínimos ou máximos são acompanhados por um volume maior em comparação aos outros pontos do gráfico.


Double top (duplo máximo)

padrão de gráfico double top


O double top é um padrão de reversão de baixa, em que o preço atinge um máximo duas vezes e é incapaz de subir mais na segunda tentativa. Além disso, o recuo entre os dois topos deve ser moderado. O padrão é confirmado quando o preço ultrapassa o valor mínimo de retração entre os dois topos.


Double bottom (duplo mínimo)

padrão de gráfico double bottom


O double bottom é um padrão de reversão de alta, onde o preço atinge duas vezes um valor mínimo e eventualmente, continua subindo. Da mesma forma que o double top, o salto entre os dois pontos inferiores deve ser moderado. O padrão é confirmado quando o preço ultrapassa o valor máximo atingido entre os dois mínimos (ponto central superior no gráfico).


Head and shoulders (cabeça e ombros)

padrão de gráfico head and shoulders


O padrão "head and shoulders" é um padrão de reversão de baixa com uma linha de base (neckline) e três picos. Os dois picos laterais devem estar aproximadamente no mesmo nível de preço, enquanto o pico central deve ser maior que os outros dois. O padrão é confirmado quando o preço ultrapassar o suporte da linha de base (neckline).


Inverse head and shoulders (cabeça e ombros invertido)

padrão de gráfico head and shoulders invertido


Como o nome sugere, é o oposto do padrão "head and shoulders" – ou seja, indica uma reversão de alta. Um padrão head and shoulders invertido é formado quando, em uma tendência de baixa, o preço cai para um valor mínimo menor e então salta e alcanmça a linah de suporte aproximadamente no mesmo nível da primeira baixa. O padrão é confirmado quando o preço quebra a resistência da linha de base (neckline) e continua subindo.


Considerações finais

Os padrões clássicos de gráficos estão entre os padrões de TA mais conhecidos. No entanto, como em qualquer método de análise de mercado, eles não devem ser usados de forma isolada. O que funciona bem em um determinado ambiente de mercado pode não funcionar em outro. Portanto, é sempre uma boa ideia identificar uma confirmação do padrão, além de sempre exercer um gerenciamento de riscos adequado.

Caso queira saber mais sobre os padrões de candlesticks (gráficos de velas), confira nosso artigo 12 Padrões Populares de Velas Usados em Análise Técnica.