Uma Breve Hist√≥ria Sobre a Domin√Ęncia do Bitcoin
P√°gina Inicial
Artigos
Uma Breve Hist√≥ria Sobre a Domin√Ęncia do Bitcoin

Uma Breve Hist√≥ria Sobre a Domin√Ęncia do Bitcoin

Iniciante
Publicado em Oct 19, 2022Atualizado em Jun 9, 2023
6m

TL;DR

A domin√Ęncia do Bitcoin √© a participa√ß√£o da criptomoeda original, o BTC, na capitaliza√ß√£o total do mercado de criptomoedas. Durante algum tempo ap√≥s a sua cria√ß√£o, em 2009, o Bitcoin permaneceu como o √ļnico ativo digital existente e, portanto, foi o √ļnico representante de toda a capitaliza√ß√£o do mercado de criptomoedas. No entanto, com o tempo, as coisas come√ßaram a mudar. Em 2013 tivemos a primeira onda de altcoins que agregaram seu valor √† f√≥rmula de capitaliza√ß√£o do mercado de criptomoedas. 2015 foi o ano de nascimento do Ethereum ‚ÄĒ o rival mais pr√≥ximo do Bitcoin que introduziu a moeda Ether ‚ÄĒ e ent√£o, em 2017, o boom de ICOs resultou em um dom√≠nio ainda mais dilu√≠do do BTC, atingindo uma baixa hist√≥rica. Houve uma recupera√ß√£o alguns meses depois, ultrapassando o valor de 50%. Hoje, a domin√Ęncia do BTC enfrenta sua maior concorr√™ncia na forma de tokens do metaverso, DeFi, NFTs e mais de 20.000 outras criptomoedas.

Introdução

Bitcoin, a primeira criptomoeda do mundo, foi lan√ßada publicamente em 2009 por um desenvolvedor an√īnimo (ou grupo de desenvolvedores) conhecido como Satoshi Nakomoto. Desde ent√£o, apesar do aumento da concorr√™ncia, o Bitcoin continua sendo a maior e mais valiosa criptomoeda do mundo. Sua tecnologia subjacente tamb√©m inspirou o desenvolvimento de milhares de novas criptomoedas conhecidas coletivamente como moedas alternativas, ou altcoins.¬†

A posi√ß√£o do Bitcoin em rela√ß√£o aos outros ativos digitais continua sendo extremamente importante, sendo considerada como um indicador do estado geral do mercado de criptomoedas. Para mensurar o valor de mercado do Bitcoin em rela√ß√£o ao mercado geral de criptomoedas, traders e analistas usam uma propor√ß√£o chamada domin√Ęncia do Bitcoin, ou domin√Ęncia do BTC.

O que √© a Domin√Ęncia do BTC?

A domin√Ęncia do BTC √© a participa√ß√£o do Bitcoin no valor total do mercado de criptomoedas. √Č calculada dividindo o valor de capitaliza√ß√£o de mercado do BTC pelo valor total de capitaliza√ß√£o do mercado de criptomoedas.¬†

Por que isso √© importante? Historicamente, os traders t√™m usado a domin√Ęncia do BTC para tentar identificar se as altcoins apresentam tend√™ncia de alta ou de baixa em rela√ß√£o ao Bitcoin. Por exemplo, muitos acreditam que se as altcoins est√£o em alta, o mercado de criptomoedas tamb√©m deve iniciar uma tend√™ncia de alta (bull market). Em 2017, por exemplo, um decl√≠nio significativo na domin√Ęncia do BTC sinalizou uma disparada nos pre√ßos das altcoins (em vez de uma queda no pre√ßo do BTC), coincidindo com todo o mercado entrando em uma fase de alta.

De uma criptomoeda para milhares

Em 2011 foi criada a primeira altcoin, o Litecoin, e em 2013 ‚ÄĒ ‚Äúo ano do Bitcoin‚ÄĚ segundo a revista Forbes ‚ÄĒ o n√ļmero de novas altcoins no mercado come√ßou a aumentar rapidamente. Em maio de 2013, o mercado de criptomoedas contava com pelo menos dez tokens, incluindo o Litecoin (LTC) e o XRP da Ripple.¬†

Ao mesmo tempo, o pre√ßo do Bitcoin disparou √† medida que mais investidores exploravam o setor de ativos digitais pela primeira vez. No entanto, mesmo com alguns rec√©m-chegados para competir, a domin√Ęncia do BTC permaneceu em torno de 95% durante esse per√≠odo.¬†

O nascimento do Ethereum

Em 2015, Vitalik Buterin e uma equipe de desenvolvedores lan√ßaram a rede Ethereum (ETH). Ele come√ßou a rivalizar com o Bitcoin como uma blockchain que permitia mais casos de uso al√©m dos servi√ßos financeiros, como a transfer√™ncia de dinheiro. Inabalado pela concorr√™ncia do token nativo do Ethereum, ether (ETH), o bitcoin continuou a representar cerca de 90-95% do mercado de criptomoedas. As coisas s√≥ come√ßaram a mudar em 2017 ‚ÄĒ com o boom das ofertas iniciais de moedas (ICO - Initial Coin Offering).Febre ICO¬†Ofertas iniciais de moedas (ICOs), um m√©todo popular de crowdfunding para projetos de criptomoedas em est√°gio inicial, tornaram-se uma tend√™ncia proeminente de 2017 a 2018. Havia cerca de 2000 ICOs durante esse per√≠odo, com um valor acumulado de mais de US$ 10 bilh√Ķes arrecadados. Os fundos come√ßaram a fluir da rede Bitcoin para muitas altcoins mais recentes que surgiram na √©poca. Alguns investidores acreditavam nos casos de uso convincentes, mas n√£o comprovados, enquanto outros estavam mais interessados em lucrar com as dram√°ticas oscila√ß√Ķes de pre√ßos.¬†O influxo sem precedentes da competi√ß√£o de altcoins resultou no primeiro grande decl√≠nio da domin√Ęncia do Bitcoin, atingindo uma m√≠nima hist√≥rica de cerca de 37%, em janeiro de 2018.¬†O inverno cripto de 2018Embora tenha gerado consider√°vel notoriedade para as criptomoedas, o boom de ICOs durou pouco. Os investidores perceberam que muitos projetos de ICO careciam de fundamentos b√°sicos ou tinham pr√°ticas comerciais question√°veis. Alguns projetos at√© se tornaram alvo de an√°lises regulat√≥rias por √≥rg√£os dos EUA e outras autoridades. Esse sentimento negativo acabou se espalhando por toda a ind√ļstria e o mercado geral de criptomoedas passou por um per√≠odo prolongado de decl√≠nio e estagna√ß√£o de pre√ßos.A recupera√ß√£o do BitcoinCom a desvaloriza√ß√£o de muitas altcoins e a desilus√£o geral dos investidores com as ICOs, a domin√Ęncia do BTC voltou gradualmente para mais de 50% nos √ļltimos meses de 2018.¬†Em 2019, o pre√ßo do Bitcoin apresentou uma leve recupera√ß√£o, sendo negociado a aproximadamente US$ 7.000 at√© o final do ano, enquanto a domin√Ęncia do BTC atingiu um pico de cerca de 70% em setembro. O ativo digital, no entanto, permaneceria relativamente est√°vel at√© a pandemia da COVID-19 em 2020.O mercado na pandemia de COVIDA partir de 2020 ‚ÄĒ como consequ√™ncia de uma queda acentuada no per√≠odo de pandemia da COVID ‚ÄĒ o mercado de criptomoedas entraria em uma fase de alta (bull run) recorde. Simultaneamente, a domin√Ęncia do BTC atingiu 72% em janeiro de 2021, maior valor desde 2017, antes de cair para 39% em meados de 2021.¬†Com a pandemia, muitas pessoas, entediadas e presas em casa, come√ßaram a investir e fazer trades. Enquanto isso, para compensar a desacelera√ß√£o econ√īmica da pandemia, governos de todo o mundo distribu√≠am dinheiro para estimular suas economias em dificuldades. Traders de varejo investiram uma parte consider√°vel desses fundos em a√ß√Ķes, forex ou no mercado de criptomoedas pela primeira vez.Ap√≥s, seguindo toda a aten√ß√£o da m√≠dia para as criptomoedas durante o segundo semestre de 2020, as altcoins se tornaram uma escolha cada vez mais atraente, embora arriscada, para investidores de varejo, especialmente rec√©m-chegados √† procura de ganhos r√°pidos. O pre√ßo da Shiba Inu (SHIB), por exemplo, teve um aumento que ultrapassou o valor percentual de 40 milh√Ķes em 2021.¬†

Al√©m disso, o r√°pido crescimento de inova√ß√Ķes como as finan√ßas descentralizadas (DeFI) e os NFTs, que existiam principalmente em blockchains concorrentes como a Ethereum e a Solana (SOL), contribuiu para que o Bitcoin perdesse uma fatia maior da sua participa√ß√£o de mercado. O pre√ßo da Solana aumentou de US$ 1,50 para um recorde hist√≥rico de US$ 250 em 2021, depois de despertar o interesse de institui√ß√Ķes e traders de varejo devido a sua tecnologia subjacente.¬†

Desde ent√£o, a domin√Ęncia do BTC tem enfrentado dificuldades para ultrapassar o patamar de 50%. O recente e lento crescimento da domin√Ęncia do BTC pode ter algo a ver com o lan√ßamento da ETH 2.0, a t√£o aguardada atualiza√ß√£o da Ethereum para o mecanismo Proof of Stake e com o atual mercado em baixa (bear market).¬†

Considera√ß√Ķes Finais

Nos √ļltimos anos, o crescimento do mercado de altcoins diluiu o dom√≠nio do mercado do Bitcoin. O Bitcoin agora compete com os tokens DeFi, o popular setor de NFTs e milhares de outras criptomoedas, diferente dos primeiros anos, quando havia muito poucos concorrentes.¬†

Mesmo assim, o Bitcoin ainda √© a principal criptomoeda em termos de capitaliza√ß√£o de mercado. √Č pouco prov√°vel que ele perca sua domin√Ęncia em um futuro pr√≥ximo. Muitos investidores veem o Bitcoin como uma reserva de valor por causa de sua oferta finita ‚ÄĒ da√≠ o apelido de ‚Äúouro digital‚ÄĚ.

Mas, o mais importante, o status do Bitcoin como a primeira criptomoeda da ind√ļstria lhe deu uma vantagem competitiva no mercado de ativos digitais. No entanto, a hist√≥ria j√° mostrou que, se algo melhor aparecer, essa vantagem do pioneirismo pode n√£o ser suficiente. Resta saber se algum dia teremos outra criptomoeda capaz de dominar o mercado cripto como fez o Bitcoin at√© agora.