Fork

Iniciante
Um "fork" se refere a uma diverg√™ncia na rede blockchain. Quando um fork √© iniciado, os operadores de nodes, m√°quinas que validam as transa√ß√Ķes na blockchain, devem atualizar para a vers√£o mais recente do protocolo. Cada node possui uma c√≥pia da blockchain, o que garante que novas transa√ß√Ķes n√£o entrem em conflito com seu hist√≥rico.¬†

Existem dois tipos de forks: soft forks e hard forks. Ambos os tipos de forks criam uma divis√£o no hist√≥rico de transa√ß√Ķes da blockchain, mas fazem isso de maneiras diferentes, com implica√ß√Ķes distintas para a rede. Um soft fork √© uma atualiza√ß√£o de software na blockchain que n√£o a divide em duas, contanto que a maioria dos nodes na rede implemente a atualiza√ß√£o em quest√£o.

Um hard fork √© uma altera√ß√£o no protocolo da blockchain e n√£o √© compat√≠vel com as vers√Ķes anteriores. Para permanecer ativo na rede, cada node deve atualizar seus sistemas para a vers√£o mais recente . Nos casos em que o consenso sobre as novas regras n√£o √© un√Ęnime, pode ocorrer a divis√£o da blockchain em dois caminhos distintos, cada um progredindo independentemente com seu respectivo ledger (livro raz√£o) de transa√ß√Ķes, a partir do ponto de divis√£o.

Em compara√ß√£o com os hard forks, os soft forks s√£o considerados uma alternativa mais prudente e segura, pois s√£o compat√≠veis com as vers√Ķes anteriores. Isso significa que os nodes que n√£o atualizarem para a vers√£o mais recente do protocolo ainda considerar√£o a blockchain como v√°lida. Os soft forks podem adicionar novos recursos e fun√ß√Ķes que n√£o alteram as regras estabelecidas para a blockchain. Esses tipos de forks s√£o frequentemente usados para implementar novos recursos a n√≠vel de programa√ß√£o.

A divis√£o entre Ethereum e Ethereum Classic √© um exemplo de hard fork. O fork ocorreu devido a diverg√™ncias em rela√ß√£o √† decis√£o de reverter transa√ß√Ķes ap√≥s o ataque hacker √† DAO. Por outro lado, a integra√ß√£o da sidechain SegWit do Bitcoin, que entrou em vigor em agosto de 2017, √© um exemplo de soft fork.

Os forks podem ter um impacto significativo nas redes blockchain e em seus usuários. Eles podem levar à criação de novas criptomoedas, afetar o valor de tokens existentes e alterar a estrutura de governança das redes.