Staking de liquidez

Intermedi√°rio

O que é staking líquido?

O staking l√≠quido refere-se √† tokeniza√ß√£o de ativos em staking. √Č um processo transformador associado principalmente √†s redes Proof of Stake (PoS). No staking tradicional, os usu√°rios bloqueiam seus holdings de criptomoedas para apoiar a seguran√ßa e as opera√ß√Ķes de uma blockchain. O staking l√≠quido leva esse conceito para o pr√≥ximo n√≠vel, permitindo que os usu√°rios fa√ßam a tokeniza√ß√£o dos seus ativos em staking, criando uma abordagem mais flex√≠vel e din√Ęmica para participar dos ecossistemas de staking.

O processo de staking

Na forma convencional de staking os usu√°rios bloqueiam suas criptomoedas, geralmente Ethereum ou outros tokens baseados em PoS, para validar transa√ß√Ķes e manter a integridade da blockchain. Esse processo vem com um dilema, j√° que os ativos em staking s√£o tipicamente il√≠quidos durante o per√≠odo de staking.

O surgimento do staking líquido

O staking líquido (ou staking de liquidez) aborda o problema de liquidez associado ao staking tradicional. Ele introduz um mecanismo em que os usuários recebem tokens de staking líquido (LSTs) em troca de seus ativos em staking. Esses LSTs representam o valor em staking e as recompensas de staking correspondentes. Ao contrário do staking tradicional, os usuários podem negociar livremente, usar aplicativos de finanças descentralizadas (DeFi) ou usar seus LSTs como garantia, sem precisar esperar a conclusão do período de staking.

EigenLayer: um protocolo de restaking descentralizado

Na vanguarda da inovação do staking líquido está o EigenLayer, um protocolo de restaking descentralizado construído na rede Ethereum. O EigenLayer atua como uma bridge entre a Ethereum e outras redes blockchain, permitindo que os usuários façam staking e restaking de seus ativos facilmente. O protocolo apresenta uma nova abordagem ao cenário de staking, proporcionando aos usuários maior flexibilidade e acessibilidade.

Restaking líquido

O restaking l√≠quido introduz uma camada extra de funcionalidade. Nesse processo, os usu√°rios depositam seus tokens de staking l√≠quido (LSTs) nos contratos inteligentes do EigenLayer, recebendo em troca os tokens de restaking l√≠quido (LRTs). Os LRTs re√ļnem n√£o apenas o token em staking e as recompensas de staking, mas tamb√©m as recompensas de restaking obtidas pela participa√ß√£o ativa nas opera√ß√Ķes do EigenLayer.

Staking líquido vs. restaking líquido

Embora o staking l√≠quido e o restaking l√≠quido compartilhem elementos comuns, eles diferem em aspectos importantes. O staking l√≠quido envolve principalmente a tokeniza√ß√£o dos ativos em staking, oferecendo liquidez e flexibilidade sem a necessidade de esperar o fim do per√≠odo de staking. Por outro lado, o restaking l√≠quido leva o conceito ainda mais longe ao incorporar as recompensas das opera√ß√Ķes de staking da Ethereum e do EigenLayer, potencialmente oferecendo aos usu√°rios uma camada adicional de lucro.

Conclus√£o

O staking líquido está mudando a forma como os usuários se envolvem com as redes blockchain. A introdução do EigenLayer e do restaking líquido adiciona profundidade e funcionalidade a essa abordagem inovadora que permite que os usuários participem ativamente dos ecossistemas de staking enquanto aproveitam os benefícios de uma liquidez aprimorada.