Pode Haver Mais de Um Metaverso?
Tabela de Conteúdos
Introdução
O que é metaverso?
O que pode ser feito no metaverso?
Existe apenas um metaverso?
A futura rede de metaversos
Considerações finais
Pode Haver Mais de Um Metaverso?
Página InicialArtigos
Pode Haver Mais de Um Metaverso?

Pode Haver Mais de Um Metaverso?

Intermediário
Publicado em Sep 14, 2022Atualizado em Sep 29, 2022
5m

TL;DR

O metaverso é um ambiente on-line e imersivo que conecta o mundo digital e a vida real de seus usuários. Ao incorporar tecnologias como realidade aumentada (AR), realidade virtual (VR) e blockchain, o metaverso oferece novas formas digitais de trabalhar, socializar e relaxar. 

Projetos como o Decentraland e o SecondLive já oferecem experiências com jogos play-to-earn e outros aplicativos de blockchain, permitindo que as comunidades se reúnam, trabalhem e construam a partir de objetivos em comum. Além disso, gigantes da tecnologia estão desenvolvendo seus metaversos para acompanhar a tendência.

Embora seja possível a existência de muitos metaversos no futuro, todos eles se beneficiariam da capacidade de se conectar uns aos outros. A tecnologia blockchain oferece uma maneira única de interoperabilidade do metaverso. Os usuários poderão, potencialmente, transferir criptomoedas, itens e outros ativos digitais entre diferentes metaversos.

Introdução

Metaverso é uma das palavras que vem à mente quando consideramos o futuro da tecnologia, das criptomoedas e da Internet. O metaverso ainda não foi totalmente implementado, mas é perceptível que tanto pequenos projetos quanto grandes empresas globais já se esforçam para construir o futuro dos ambientes digitais.

O que é metaverso?

O metaverso é um conceito de universos virtuais conectados que podem ser explorados por usuários por meio de seus avatares 3D. Podemos imaginar esse conceito como o próximo passo na evolução da Internet, com experiências on-line mais imersivas e interativas.

O metaverso incorpora tecnologias como a realidade aumentada (AR), a realidade virtual (VR) e a blockchain. Enquanto o AR permite que os usuários integrem elementos visuais digitais ao mundo real através de uma câmera, o VR produz ambientes virtuais gerados por computador, que podem ser explorados pelos usuários por meio de óculos VR. Em meio a esse contexto, a tecnologia blockchain oferece recursos de comprovação digital de propriedade, itens colecionáveis digitais e transferência de valores.

Plataformas NFT como o  Marketplace de NFT da Binance também estão contribuindo para o desenvolvimento do metaverso de jogos, fornecendo um vínculo entre projetos de jogos e as comunidades cripto. Além disso, a BNB Smart Chain (BSC) hospeda vários projetos de metaverso. O Fortnite também desenvolveu uma plataforma de metaverso que já conectou mais de 350 milhões de jogadores em seu mundo virtual.

Embora o metaverso ainda esteja em desenvolvimento, o conceito provavelmente se expandirá e irá muito além das plataformas de jogos. Por exemplo, aplicações envolvendo identidade digital, trabalho remoto e governança descentralizada são apenas alguns setores que podem se beneficiar do metaverso.

O que pode ser feito no metaverso?

O metaverso cria espaços virtuais compartilhados que combinam os mundos físico e digital. Por exemplo, as empresas podem começar a usar o metaverso para fazer reuniões de realidade mista usando óculos VR ou para assinar contratos sem a necessidade da presença física dos envolvidos.

Da mesma forma, você pode fazer compras em lojas virtuais, exibir suas coleções de NFT para amigos virtuais e visitar exposições de arte, tudo sem sair do conforto da sua casa.

Os jogos play-to-earn como o Axie Infinity e ferramentas de socialização e trabalho como o Gather.town, provam que já é possível utilizar aspectos funcionais dos mundos virtuais. Esses projetos convidam os usuários a se divertir, conhecer pessoas, fazer transações usando moedas digitais e até mesmo trabalhar.

O Decentraland, por outro lado, é um mundo digital on-line que mistura elementos sociais com criptomoedas e NFTs, representando qualquer coisa, desde cosméticos e itens colecionáveis a imóveis virtuais. Por exemplo, um jogador pode usar a criptomoeda nativa do Decentraland, MANA, para comprar terrenos de 16x16 metros, que são emitidos como NFTs (tokens não fungíveis) na blockchain da Ethereum.

O metaverso permite que grupos de pessoas se reúnam em torno de interesses compartilhados. Por exemplo, o Fortnite sediou o famoso concerto virtual Astronomical de Travis Scott com mais de 12 milhões de espectadores em todo o mundo. Diferentemente de um show regular, através de seus avatares, os jogadores podiam interagir com o famoso rapper e usar visuais animados 3D.

Existe apenas um metaverso?

O conceito de metaverso sugere a existência de um único ambiente virtual compartilhado por todos. Mas, como vimos, a existência de vários metaversos distintos é possível.

Sendo assim, cada metaverso teria uma função específica no coletivo de metaversos. Da mesma maneira que cada plataforma de rede social oferece serviços específicos aos seus usuários, diferentes metaversos poderão oferecer possibilidades virtuais distintas. Como nos exemplos citados anteriormente, um metaverso pode ter uma proposta focada em jogos, enquanto outros se concentram em reuniões ou shows.

Cada um dos projetos de metaverso cripto como o Axie Infinity, Decentraland e SecondLive tem sua própria abordagem para construção do metaverso. Além dos metaversos baseados em blockchain, as gigantes da tecnologia já apresentam avanços em relação ao conceito de metaverso. Por exemplo, o Facebook mudou seu nome para Meta e investiu bilhões de dólares no desenvolvimento de conteúdos de metaverso, softwares e aparelhos de AR e VR. Outras grandes empresas como a Microsoft, Google e Tencent estão construindo seus próprios metaversos e desenvolvendo novas tecnologias.

O ideal é que, no futuro, os muitos metaversos sejam interoperáveis. No contexto do metaverso, a interoperabilidade se refere à capacidade de interação e intercâmbio de dados entre metaversos. Com isso, os usuários poderão transferir ativos de um metaverso para outro, incluindo NFTs e criptomoedas.

Muitos desenvolvedores e protocolos estão apostando na tecnologia blockchain para conectar diferentes metaversos. Primeiro, porque é uma tecnologia descentralizada e transparente. E em segundo lugar, ela oferece meios de comprovação digital de propriedade, autenticidade, transferência de valores e acessibilidade.

Por exemplo, se dois jogos play-to-earn fossem interoperáveis e construídos na mesma blockchain, os jogadores poderiam alternar entre eles e seus itens virtuais estariam seguros em ambos os jogos. Em outras palavras, os usuários poderiam usar suas armas, skins e outros itens do jogo em ambos os mundos virtuais. Há também a possibilidade de usar bridges blockchain para transferir criptomoedas e outros ativos digitais entre diferentes redes blockchain.

A futura rede de metaversos

O metaverso ainda está em seus estágios iniciais de desenvolvimento. Ninguém sabe como será, mas sem dúvida é um setor de tecnologia que atrai investimentos e a atenção de desenvolvedores. Como mencionado, o metaverso geral provavelmente consistirá em vários metaversos individuais. Nesse contexto, as tecnologias de blockchain e das criptomoedas, provavelmente, desempenharão um papel fundamental na integração de múltiplos mundos virtuais.

A longo prazo, podemos ter vários metaversos com diferentes propósitos tornando-se parte de um único metaverso. Outro fator a se considerar é que a criação de uma rede de diferentes metaversos pode incentivar a adoção geral.

Considerações finais

O metaverso continua evoluindo à medida que novos projetos chegam ao mercado e os já existentes desenvolvem novas funcionalidades e serviços. O espaço cripto já possui projetos de metaverso de sucesso, incluindo projetos nativos de blockchain como o Decentraland e projetos de grandes nomes de mercados tradicionais como Fortnite e Meta. Com o avanço das tecnologias AR, VR, blockchain, entre outras, provavelmente veremos novos metaversos virtuais em ascensão e com cada vez menos fronteiras.