O que são CryptoPunks?
Índice
Introdução 
Quem criou os CryptoPunks?
Como funcionam os CryptoPunks?
Onde posso comprar CryptoPunks?
Considerações finais
O que são CryptoPunks?
InícioArtigos
O que são CryptoPunks?

O que são CryptoPunks?

Iniciante
Published May 10, 2021Updated Aug 6, 2021
4m


TL;DR

CryptoPunks são peças colecionáveis de arte cripto, representados por NFTs na blockchain Ethereum. Existem 10.000 pequenos punks de 8-bits, todos com características únicas. Como um dos primeiros projetos de NFT famosos, eles inspiraram muitos artistas cripto e até mesmo o desenvolvimento do padrão de token ERC-721 para colecionáveis digitais. O projeto se tornou mais popular em 2021 depois que alguns CryptoPunks foram vendidos por milhões de dólares, tornando-os alguns dos NFTs mais caros da história.




Introdução 

À primeira vista, esses rostos pixelados em pequenos quadrados não parecem especiais. Alguns estão fumando cachimbo. Outros têm chapéus. Tem até alienígenas. Mas as aparências enganam quando se trata de NFTs.

A simples posse de um desses punks de aparência engraçada, provavelmente seria suficiente para comprar um apartamento ou até mesmo uma mansão. Limitados a 10.000 unidades, os CryptoPunks de 8 bits são uma coleção de NFTs com alta demanda atualmente. Eles não lutam, apostam ou fazem qualquer coisa além de serem os pequenos punks que são. Acontece que o CryptoPunks foi um dos primeiros projetos NFT da história.


Quem criou os CryptoPunks?

O projeto CryptoPunks foi ideia da Larva Labs, organização com sede em Nova York, fundada por Matt Hall e John Watkinson. O projeto começou em 2017 como um experimento sobre o valor dos NFTs e da arte, ajudando a popularizar o que hoje conhecemos como arte cripto (ou cripto arte).
Eles são um tipo de criptomoeda, mas bastante diferentes do Bitcoin ou do BNB. Todos os 10.000 punks são NFTs únicos na blockchain Ethereum. 3840 são do sexo feminino, 6039 são do sexo masculino. Existem também outros punks como macacos, alienígenas e zumbis.

Uma combinação de diferentes atributos garante que cada um dos 10.000 seja totalmente único.


Os punks foram inicialmente disponibilizados e distribuídos gratuitamente. Para conseguir um, bastava pagar a taxa de transação da rede Ethereum.

Desde então, a popularidade dessas obras de arte aumentou absurdamente. O mesmo aconteceu com os NFTs, de modo geral. A empresa de artes e leilões, Christie's, já está leiloando coleções com valor estimado que ultrapassa os milhões.
Este punk alienígena pálido com uma faixa na cabeça atualmente detém o recorde de CryptoPunk com maior valor de venda de 4200 ETH, cerca de US$ 7,58 milhões no momento da venda, em março de 2021. Em segundo lugar, temos o CryptoPunk #7804, vendido pela mesma quantia em ETH (cerca de US$ 7,57 milhões no momento da venda). A diferença em dólares é decorrente do aumento de preço do ETH. 
Em termos de NFTs em geral, os dois ocupam a segunda e a terceira posições na classificação dos tokens não fungíveis mais caros já vendidos até o momento. O NFT EVERYDAYS: THE FIRST 5000 DAYS de Beeple, ocupa atualmente a posição de número um. O valor da venda foi de US$ 69.346.250.


Como funcionam os CryptoPunks?

No momento de lançamento do projeto, o protocolo de token ERC-721 usado atualmente para NFTs, ainda não existia. A Larva Labs teve de trabalhar com o que tinha: ERC-20.

De uma maneira punk, a equipe acabou modificando o código ERC-20, apenas o suficiente, para produzir itens não fungíveis, servindo de inspiração para o desenvolvimento do padrão ERC-721 logo em seguida.

Ao visualizar o token no Etherscan, podemos ver o Fornecimento Total Máximo de 10.000. Embora os punks apareçam como ERC-20, eles não são tokens idênticos.


Você pode verificar a autenticidade de cada CryptoPunk através do hashing de sua imagem de referência e comparando-a com um hash de imagem específico, que pode ser encontrado no contrato do token. 
Como as imagens são muito grandes para serem armazenadas na blockchain, a Larva Labs criou uma imagem composta contendo todos os 10.000 punks. Um hash dessa imagem composta está no contrato de token do CryptoPunks.

Mas como saber qual deles eu possuo? O token de cada punk contém metadados referentes à sua posição na imagem composta. Por exemplo, o CryptoPunk #7804 é o 7804º punk na imagem composta.


Onde posso comprar CryptoPunks?

Além de desenvolver os CryptoPunks, a Larva Labs também criou seu próprio mercado no site do projeto CryptoPunks. É lá que os usuários fazem ofertas, compram e vendem CryptoPunks. Para interagir com o mercado, basta instalar e conectar sua carteira MetaMask.


Os CryptoPunks também estão disponíveis no OpenSea, o principal mercado de NFTs da Ethereum. No entanto, esses punks pixelados são um pouco diferentes. Eles foram wrapped (convertidos) em tokens ERC-721, para que sejam negociáveis em mercados de NFTs.
Um CryptoPunk ERC-721 pode ser facilmente convertido de volta à sua versão original ERC-20. O processo de wrapping e unwrapping acontece na Wrapped PUNKS e pode ser feito usando a carteira MetaMask que armazena o CryptoPunk.


Considerações finais

Embora eles não sejam mais exclusivos quando se trata de NFTs, os CryptoPunks foram pioneiros em termos de puro valor artístico na blockchain. Diferentemente dos CryptoKitties, que possui elementos de gamificação, cada punk individual nada mais é do que uma simples imagem. Além disso, ainda é possível ver sua enorme popularidade com o número de projetos diretamente inspirados por CryptoPunks.