O que é Litecoin (LTC)?
Índice
Introdução
O que é Litecoin (LTC)?
Como funciona a Litecoin?
Casos de Uso do Litecoin
Como comprar Litecoin na Binance?
Considerações finais
O que é Litecoin (LTC)?
InícioArtigos
O que é Litecoin (LTC)?

O que é Litecoin (LTC)?

Iniciante
Published Dec 7, 2021Updated Jan 6, 2022
5m

TL;DR

Litecoin (LTC) é uma altcoin criada em 2011 pelo ex-engenheiro do Google, Charlie Lee. A proposta era desenvolver uma versão lite do Bitcoin, permitindo pagamentos quase instantâneos e de baixo custo. O Litecoin adotou o código e certos recursos do Bitcoin em sua blockchain, mas prioriza a velocidade de confirmação para aumentar o número de transações por segundo (TPS) e diminuir o tempo de geração de blocos.

Devido à sua semelhança com o Bitcoin, a blockchain do Litecoin tem sido usada por desenvolvedores como um campo de testes para novas tecnologias que desejam implementar no Bitcoin. Por exemplo, o Segregated Witness (SegWit) e a Lightning Network eram executados na blockchain do Litecoin antes da implementação para o Bitcoin.

O Litecoin tem um fornecimento total de 84 milhões. Similar ao Bitcoin, ele tem uma natureza deflacionária e sofre um processo de halving a cada 840.000 blocos (aproximadamente a cada 4 anos). O próximo halving deve ocorrer em agosto de 2023. É possível comprar Litecoin em corretoras de criptomoedas como a Binance. 


Introdução

O Litecoin (LTC) é uma das altcoins mais antigas do mercado. Quando foi introduzido em 2011, muitos se referiam ao Litecoin como “the silver to bitcoin’s gold” (analogia se referindo ao Bitcoin como ouro e ao Litecoin como prata), pois sua blockchain era baseada no código do Bitcoin. Embora alguns investidores de cripto vejam o Bitcoin como uma boa reserva de valor, o Litecoin costuma ser visto como a melhor opção para pagamentos peer-to-peer devido ao seu curto tempo de confirmação e suas taxas de transação mais baratas.


O que é Litecoin (LTC)?

O Litecoin (LTC) foi uma das primeiras altcoins criadas. Criada pelo ex-engenheiro do Google, Charlie Lee, em 2011, sua blockchain foi desenvolvida com base nos códigos open-source do Bitcoin. Mas o Litecoin possui algumas modificações, como a geração de bloco mais rápida e um algoritmo de mineração Proof of Work (PoW) diferente, chamado Scrypt. 

O Litecoin tem um fornecimento total limitado de 84 milhões. Semelhante ao Bitcoin, o Litecoin pode ser obtido através de mineração e tem um mecanismo de halving que ocorre a cada 840.000 blocos (aproximadamente 4 anos). O último halving de LTC foi em agosto de 2019, quando as recompensas de bloco foram reduzidas para metade, de 25 LTC para 12,5 LTC. O próximo evento de halving está previsto para agosto de 2023.


Como funciona a Litecoin?

Como uma versão modificada do Bitcoin, o Litecoin foi projetado para facilitar transações mais baratas e eficientes. O Litecoin também adota o mecanismo Proof of Work, permitindo que os mineradores obtenham novas moedas ao adicionar novos blocos à blockchain. No entanto, o Litecoin não usa o algoritmo SHA-256 do Bitcoin. O LTC usa o Scrypt, um algoritmo de hashing capaz de gerar novos blocos a cada 2,5 minutos. O tempo médio para a confirmação de bloco do Bitcoin é de 10 minutos. 

O Scrypt foi desenvolvido pela equipe do Litecoin para aprimorar seu próprio ecossistema de mineração descentralizado, independente do sistema do Bitcoin, e diminuir a possibilidade de um ataque em 51% na blockchain do LTC. No início, o Scrypt permitia uma mineração mais facilmente acessível para aqueles que usavam as placas tradicionais de GPU e CPU. O objetivo era evitar que mineradores ASIC dominassem a mineração de LTC. Posteriormente, no entanto, máquinas de mineração ASIC foram desenvolvidas para minerar LTC com eficiência, tornando a mineração de GPU e CPU obsoleta.
Como o Bitcoin e o Litecoin são bastante semelhantes, o Litecoin costumava ser usado por desenvolvedores como um “campo de testes” para tecnologias blockchain a serem implementadas no Bitcoin. Por exemplo, o Segregated Witness (SegWit) foi adotado pelo Litecoin em 2017, antes da implementação para o Bitcoin. Proposto para Bitcoin em 2015, o objetivo do SegWit é oferecer escalabilidade à blockchain, separando a assinatura digital de cada transação para melhor utilizar o espaço limitado de cada bloco. Isso permitiu que as blockchains processassem mais transações por segundo (TPS).
Outra solução de escalabilidade, a Lightning Network, também foi implementada para o Litecoin antes do Bitcoin. A Lightning Network é um dos principais componentes que tornam as transações de Litecoin mais eficientes. É um protocolo de layer 2 criado no topo da blockchain do Litecoin. O protocolo utiliza canais de micropagamento gerados pelos usuários, com taxas de transação mais baixas.
Além disso, o Litecoin também propõe uma solução para o problema de privacidade das transações, adotando um protocolo com foco em privacidade, chamado MimbleWimble Extension Block (MWEB). O nome faz referência ao feitiço de "amarrar a língua" dos livros de Harry Potter, que impede o alvo de revelar informações. Semelhante ao feitiço, o protocolo MimbleWimble permite que as informações da transação, incluindo os endereços do remetente e do destinatário e a quantidade de criptomoedas enviada, permaneçam completamente anônimas. O MWEB também elimina informações desnecessárias das transações , reduzindo o tamanho dos blocos e melhorando a escalabilidade. Atualmente, em dezembro de 2021, o protocolo MWEB do Litecoin ainda está em desenvolvimento.


Casos de Uso do Litecoin

Como uma das primeiras altcoins, o Litecoin aprimorou o código do Bitcoin para aumentar a escalabilidade e oferecer transações mais rápidas e taxas mais baixas. Apesar de não ser capaz de competir com o Bitcoin em termos de capitalização de mercado, uma vantagem do Litecoin é seu sistema de pagamentos peer-to-peer. A Fundação Litecoin anunciou em novembro de 2021 que o LTC poderia ser usado como método de pagamento por meio do cartão de débito Litecoin VISA, capaz de converter LTC em dólares em tempo real. Além disso, algumas empresas como agências de viagens, lojas de conveniência, agências imobiliárias e lojas online, já adicionaram o Litecoin como método de pagamento. 

Outro fator importante é o tão esperado lançamento do protocolo MimbleWimble na rede Litecoin. O MimbleWimble pode ocultar os endereços de carteira em transações, como também pode potencialmente dobrar o TPS da rede Litecoin. Se implementada com sucesso, a atualização pode aumentar ainda mais a privacidade e a fungibilidade das transações de LTC. No entanto, ainda não há uma data de lançamento definida na mainnet.


Como comprar Litecoin na Binance?

Você pode comprar Litecoin em corretoras de criptomoedas como a Binance

1. Faça login em sua conta da Binance e clique em [Trade]. Para começar, selecione o modo de trading [Clássico] ou [Avançado]. Neste tutorial, usaremos o modo [Clássico].

2. Em seguida, digite “LTC” na barra de pesquisa para ver a lista dos pares de trading disponíveis na Binance. Neste exemplo, usaremos o par LTC/BUSD.


3. Em [Spot], selecione o tipo de ordem e insira o valor que deseja comprar. Clique em [Comprar LTC] para criar a ordem e você verá o saldo de tokens LTC em sua Carteira Spot.



Considerações finais

Desde a sua criação em 2011, a equipe do Litecoin se esforça para desenvolver a rede e continuar como “the silver to bitcoin’s gold”. Ou seja, como uma das principais alternativas ao Bitcoin. Embora não seja tão popular quanto o Bitcoin ou a Ethereum (ETH) em termos de capitalização de mercado, a comunidade do Litecoin almeja um desenvolvimento capaz de oferecer recursos aprimorados e mais casos de uso.