P√°gina Inicial
Gloss√°rio
Ethereum Virtual Machine (EVM)

Ethereum Virtual Machine (EVM)

Iniciante

A Ethereum Virtual Machine (EVM) √© uma m√°quina program√°vel completa de Turing que constitui o n√ļcleo computacional do ecossistema da rede blockchain. Podemos imaginar a EVM como um supercomputador descentralizado que utiliza seus recursos para hospedar e executar aplica√ß√Ķes.

A principal fun√ß√£o da EVM √© executar contratos inteligentes, que s√£o segmentos de c√≥digo autoexecut√°veis que facilitam a implementa√ß√£o de transa√ß√Ķes complexas e aplicativos descentralizados (DApps). Esses contratos inteligentes s√£o predominantemente escritos na linguagem de programa√ß√£o Solidity. Depois de escritos em Solidity, eles s√£o compilados em bytecode. A EVM ent√£o interpreta esse bytecode para executar as tarefas especificadas no contrato inteligente.

Uma das caracter√≠sticas de destaque da EVM √© o seu ambiente isolado. Esse modelo garante que o c√≥digo dentro da EVM permane√ßa intocado por elementos externos, como processos de rede ou sistemas de arquivos. Essa prote√ß√£o garante que os processos sejam executados de maneira cont√≠nua, sem interrup√ß√Ķes externas.

No entanto, apesar de todas as suas inova√ß√Ķes, a EVM tamb√©m apresenta limita√ß√Ķes. Uma preocupa√ß√£o not√°vel s√£o as taxas de transa√ß√£o imprevis√≠veis, normalmente chamadas de taxas de Gas. Essas taxas podem variar de acordo com a complexidade do contrato e o volume de atividade na rede. Consequentemente, desenvolvedores e empresas precisam ajustar estrategicamente a precifica√ß√£o de seus servi√ßos.
Embora a EVM tenha sido introduzida originalmente pela Ethereum, a sua influência foi muito além de suas origens. Blockchains como a BNB Chain, Avalanche, Fantom e Polygon incorporaram a compatibilidade com a EVM, proporcionando aos desenvolvedores um ambiente familiar para suas iniciativas em contratos inteligentes.
Confira também: O que é Ethereum?