O que é Sui?

O que é Sui?

Iniciante
Publicado em Jul 31, 2023Atualizado em Feb 23, 2024
8m

Este artigo √© um conte√ļdo patrocinado e n√£o deve ser considerado como aconselhamento financeiro ou de investimento. As opini√Ķes expressas neste artigo s√£o do colaborador/autor e n√£o refletem necessariamente as opini√Ķes da Binance Academy.¬†

TL;DR

  • Sui √© uma blockchain de layer-1 projetada para fornecer experi√™ncias de alto n√≠vel para desenvolvedores e usu√°rios, apoiadas por bases tecnol√≥gicas robustas.

  • Empregando um modelo de dados inovador centrado em objetos, a Sui oferece suporte a ativos on-chain din√Ęmicos e compon√≠veis com capacidade de finalizar transa√ß√Ķes em menos de um segundo.¬†

  • A linguagem de programa√ß√£o Move, desenvolvida pelo cofundador e CTO da Mysten Labs, suporta qualidades √ļnicas da programa√ß√£o de contratos inteligentes. O 'Move on Sui' melhora a linguagem principal, oferecendo abstra√ß√Ķes que beneficiam desenvolvedores e usu√°rios.

  • A Sui oferece ferramentas para criar as melhores experi√™ncias de usu√°rio da categoria ‚Äď ferramentas como zkLogin proporcionam a habilidade de remover obst√°culos √† ado√ß√£o pelos usu√°rios finais.

O que é Sui?

A Sui é uma blockchain projetada para suportar as demandas da adoção global, oferecendo uma plataforma de desenvolvimento segura, poderosa e com escalabilidade. A Sui foi projetada para suportar essas demandas desde o início.

A Mysten Labs, colaboradora original da Sui, foi fundada por ex-funcion√°rios da Meta que trabalharam no projeto Diem/Libra. Nesse per√≠odo, eles desenvolveram novas tecnologias poderosas que se tornaram fundamentais para a Sui, como a linguagem de programa√ß√£o Move, o processamento de transa√ß√Ķes e os mecanismos de consenso.

Existem três elementos-chave que são essenciais para a filosofia e o modelo da Sui:

  1. Modelo de dados projetado para ativos digitais: o modelo de dados orientado a objetos da Sui é otimizado para gerenciar e interagir com ativos digitais

  2. Move on Sui: uma implementação da linguagem de programação Move adaptada ao modelo de dados exclusivo da Sui.

  3. Foco em aprimorar a experi√™ncia do usu√°rio: a Sui oferece suporte a v√°rias inova√ß√Ķes que simplificam a experi√™ncia do usu√°rio.

Design √ļnico da Sui

O modelo de dados orientado a objetos da Sui é uma parte essencial do seu design e fornece suporte para as amplas funcionalidades da plataforma. Uma das principais vantagens decorrentes do modelo da Sui é a gestão simplificada da propriedade de ativos. A natureza centrada em objetos garante uma abordagem mais direta à propriedade de ativos em comparação com as arquiteturas blockchain convencionais.

Ao contr√°rio da maioria das blockchains que separam o rastreamento da propriedade do ativo e sua conta correspondente, a Sui segue um caminho √ļnico. Na estrutura orientada a objetos da Sui, tudo na blockchain √© representado como um objeto, cada um especificando explicitamente seu propriet√°rio. Essa abordagem distinta elimina a necessidade de um contrato inteligente para monitorar a propriedade, fazendo com que o processo de propriedade de objetos seja mais direto.

As vantagens do modelo de dados orientado a objetos da Sui v√£o muito al√©m de apenas facilitar a gest√£o da propriedade de ativos. Liquida√ß√£o r√°pida, processamento de transa√ß√Ķes paralelas, taxas de transfer√™ncia e taxas est√°veis s√£o alguns dos v√°rios benef√≠cios que esse modelo oferece. Cada um desses aspectos √© significativo o bastante para justificar artigos individuais, todos os quais podem ser explorados em detalhes no site da Sui.

Objetos, processamento de transa√ß√Ķes e composibilidade

Conforme mencionado, tudo na Sui √© representado como um objeto. Saldos de tokens, NFTs, contas de usu√°rios e contratos inteligentes s√£o todos objetos na Sui. Existem tipos diferentes de objetos, sendo os dois principais ‚Äúobjetos de propriedade‚ÄĚ e ‚Äúobjetos compartilhados‚ÄĚ.

Objetos de propriedade
Um objeto de propriedade tem um √ļnico propriet√°rio, que pode ser uma conta de usu√°rio ou at√© mesmo outro objeto. Exemplos de objetos de propriedade incluem saldos de tokens e NFTs.

Objetos compartilhados
Um objeto compartilhado não tem um proprietário específico e está disponível para interação de vários usuários. Exemplos de objetos compartilhados são pools de liquidez e contratos de emissão de NFTs.

As transa√ß√Ķes envolvendo objetos de propriedade e objetos compartilhados s√£o processadas de forma diferente. Transa√ß√Ķes relacionadas a objetos compartilhados passam por processos de sequenciamento e consenso. No entanto, as transa√ß√Ķes envolvendo apenas objetos de propriedade possuem a capacidade √ļnica de evitar o mecanismo de consenso na Sui, resultando em tempos de finaliza√ß√£o significativamente mais r√°pidos, aproximadamente 400 milissegundos, o que torna a Sui uma das blockchains mais r√°pidas.

O design centrado em objetos da Sui promove uma poderosa capacidade de composibilidade sem a necessidade de adaptar ativos para compatibilidade entre diferentes aplica√ß√Ķes. Os tipos de objetos rec√©m-criados s√£o universalmente reconhecidos em toda a rede, permitindo a personaliza√ß√£o de acordo com as necessidades dos usu√°rios. Os contratos inteligentes reconhecem facilmente diferentes tipos de objetos, facilitando a composibilidade para aplica√ß√Ķes exclusivas e experi√™ncias de usu√°rio aprimoradas. Por exemplo, diferentes blocos de constru√ß√£o do setor DeFi podem ser combinados em uma s√©rie de transa√ß√Ķes para desenvolver estrat√©gias DeFi inovadoras.

Move on Sui

Como uma linguagem de programa√ß√£o de contratos inteligentes desenvolvida para um prop√≥sito espec√≠fico, o Move proporciona vantagens significativas em seguran√ßa e produtividade. Desenvolvido especificamente para superar limita√ß√Ķes em outras linguagens de programa√ß√£o, o Move aborda dois desafios principais: a representa√ß√£o de ativos digitais e opera√ß√Ķes seguras relacionadas a eles.

Combinando o Move com a arquitetura centrada em objetos da Sui, o Move on Sui oferece representa√ß√Ķes claras e poderosas de ativos digitais por meio de objetos. Esse modelo oferece recursos desej√°veis que aprimoram a propriedade de ativos, a composibilidade de objetos e a experi√™ncia do desenvolvedor, ao mesmo tempo em que oferece um mecanismo de execu√ß√£o eficiente.

O Move on Sui aprimora a linguagem principal, oferecendo abstra√ß√Ķes vantajosas que proporcionam aos programadores mais expressividade, garantindo um n√≠vel de seguran√ßa inigual√°vel. A implementa√ß√£o do Move pela Sui elimina muitos bugs e erros comuns encontrados em linguagens tradicionais de programa√ß√£o de contratos inteligentes. Simplificando o desenvolvimento de contratos inteligentes para desenvolvedores, o Move on Sui amplia o acesso e a funcionalidade nos setores DeFi, jogos, com√©rcio, entre outros.

Um exemplo desse poderoso design centrado em objetos pode ser um item de jogo, como um carro de corrida, que pode ter outros objetos, como um motor. O motor do carro de corrida pode ser trocado ou modificado facilmente e tudo isso pode ser representado on-chain.

**Observação: o termo Sui Move, usado em alguns vídeos, está sendo descontinuado. Em vez disso, o termo 'Move on Sui' é usado ao se referir à implementação específica do Move na Sui.

Foco na experiência do usuário

A interação com plataformas blockchain tradicionais muitas vezes envolve a expectativa de sacrificar a experiência do usuário para usufruir dos benefícios da tecnologia blockchain. A Sui, no entanto, diverge desse paradigma e busca oferecer a experiência do usuário da Web tradicional, enquanto mantém as vantagens da tecnologia blockchain.

Isso envolve a elimina√ß√£o de obst√°culos relacionados a carteiras, taxas de gas, aprova√ß√Ķes de transa√ß√Ķes complexas, etc. O design centrado em objetos e a linguagem de programa√ß√£o segura da Sui oferecem suporte natural a essa abordagem. Al√©m disso, a Sui vai um passo adiante ao oferecer ferramentas que capacitam os desenvolvedores a criar experi√™ncias de usu√°rio poderosas de maneira simplificada. Essas ferramentas s√£o integradas diretamente √† blockchain, sendo as tr√™s principais o zkLogin, as transa√ß√Ķes patrocinadas e os blocos de transa√ß√Ķes program√°veis.

zkLogin

O gerenciamento de carteiras blockchain tem sido historicamente dif√≠cil para os usu√°rios. Embora alguns indiv√≠duos prefiram gerenciar suas carteiras e proteger suas seed phrases, alcan√ßar uma ado√ß√£o mais ampla da tecnologia blockchain exige uma alternativa para aqueles que n√£o desejam assumir essa responsabilidade. O zkLogin da Sui serve como essa alternativa, facilitando a cria√ß√£o e o gerenciamento de uma conta Sui usando uma credencial familiar da Web, como uma conta do Google ou do Facebook. Usando provas de conhecimento zero (zero-knowledge proofs) para proteger a privacidade do usu√°rio, o zkLogin permite que os usu√°rios interajam facilmente com aplica√ß√Ķes blockchain, sem o t√≠pico inc√īmodo da cria√ß√£o e gerenciamento de carteiras.

Transa√ß√Ķes patrocinadas

As taxas de gas na blockchain podem n√£o ser familiares e podem representar uma barreira para novos usu√°rios aderirem √†s aplica√ß√Ķes da tecnologia blockchain. A Sui aborda essa quest√£o com as transa√ß√Ķes patrocinadas, eliminando o atrito de integra√ß√£o associado √†s taxas de gas. As aplica√ß√Ķes t√™m a flexibilidade de subsidiar transa√ß√Ķes espec√≠ficas do usu√°rio, efetivamente removendo as taxas de gas da experi√™ncia final do usu√°rio.

Blocos de transa√ß√Ķes program√°veis

Se voc√™ j√° interagiu com outras blockchains, deve ter notado que, muitas vezes, m√ļltiplas transa√ß√Ķes precisam ser enviadas para uma a√ß√£o simples, como um trade. Em alguns casos, os usu√°rios precisam fazer o wrapping do token, aprovar o uso do aplicativo e, finalmente, enviar o trade. Essa sequ√™ncia complexa de transa√ß√Ķes apenas para uma negocia√ß√£o simples cria uma barreira para a usabilidade pr√°tica da plataforma.

A Sui introduz blocos de transa√ß√Ķes program√°veis, permitindo o agrupamento, assinatura e envio de uma s√©rie de transa√ß√Ķes complexas atrav√©s de um processo unificado. Isso n√£o s√≥ otimiza a experi√™ncia do usu√°rio para opera√ß√Ķes b√°sicas, mas tamb√©m facilita opera√ß√Ķes complexas de transa√ß√Ķes envolvendo diferentes aplicativos. Os blocos de transa√ß√Ķes program√°veis servem como uma ferramenta poderosa para promover a capacidade de composibilidade, melhorando a experi√™ncia geral do usu√°rio final.

Detalhes sobre o token SUI

O token SUI tem um fornecimento total limitado de dez bilh√Ķes de tokens e serve principalmente para proteger a rede, atuando como uma unidade de conta e um meio de pagamento na rede Sui.

Atualmente, o token SUI atende a três propósitos principais na Sui:

Mecanismo Proof of Stake
A Sui utiliza o mecanismo Delegated Proof of Stake (DPoS) para selecionar, incentivar e recompensar o comportamento honesto dos validadores da Sui e dos propriet√°rios de tokens SUI que fazem staking.

Pagamento das taxas de gas
Os tokens SUI s√£o usados para pagar as taxas de gas necess√°rias para executar transa√ß√Ķes e armazenar dados on-chain.

Ativo vers√°til
O token SUI √© um ativo vers√°til e l√≠quido que pode ser usado para v√°rias aplica√ß√Ķes no ecossistema da Sui, como corretoras descentralizadas, aplicativos de empr√©stimos, jogos e muito mais.

Governança
O token SUI desempenhar√° um papel essencial na governan√ßa futura da Sui, concedendo aos holders o direito de participar de vota√ß√Ķes on-chain relacionadas a quest√Ķes importantes, como atualiza√ß√Ķes de protocolos e altera√ß√Ķes na plataforma.

Além disso, o fundo de armazenamento da Sui desempenha um papel importante na redistribuição das recompensas de staking ao longo do tempo e na compensação de futuros validadores pelos custos de armazenamento associados aos dados armazenados on-chain. Esse modelo de economia de token (tokenomics) estabelece um mecanismo que permite aos usuários armazenar dados on-chain indefinidamente, garantindo uma compensação justa para validadores atuais e futuros, garantindo assim a sustentabilidade da rede a longo prazo.

Setor DeFi na Sui

Desde o seu lançamento em maio de 2023, a Sui Mainnet testemunhou o lançamento de vários aplicativos, atraindo a atenção de desenvolvedores em vários ecossistemas. Aqui estão alguns exemplos de projetos DeFi no ecossistema Sui:

  • NAVI - protocolo de empr√©stimos na Sui. Permite que os usu√°rios participem como provedores de liquidez e mutu√°rios com poderosos recursos, como cofres de alavancagem autom√°ticos.

  • Cetus - corretora descentralizada e protocolo de liquidez concentrada constru√≠do na Sui. Utiliza uma rede de liquidez flex√≠vel para facilitar as negocia√ß√Ķes para qualquer usu√°rio.

  • Scallop - protocolo de empr√©stimos e corretora descentralizada em uma plataforma unificada que oferece um SDK para traders profissionais.

  • Turbos - liquidez concentrada, corretora descentralizada hipereficiente que permite que os usu√°rios negociem ativos a √≥timos pre√ßos e obtenham recompensas ao fornecer liquidez.

  • Kriya - uma gama verticalmente integrada de produtos DeFi destinados a agregar liquidez, aumentar a efici√™ncia do capital e oferecer ferramentas espec√≠ficas para institui√ß√Ķes e grandes traders ("baleias").

  • Aftermath - uma plataforma completa, r√°pida, barata e totalmente transparente para trading, staking de liquidez e rendimentos.

  • BlueFin - corretora de derivativos descentralizada que oferece alto desempenho, baixos custos e uma experi√™ncia de usu√°rio semelhante √† Web2.

  • Typus - combina protocolos de swap, empr√©stimos e derivativos para criar um mercado de op√ß√Ķes para ativos de cauda longa.

  • FlowX - plataforma que oferece v√°rios servi√ßos DeFi, como swap de tokens, fornecimento de liquidez, yield farming e campanhas de IDOs.

Considera√ß√Ķes finais

Projetada para atender √†s necessidades de 8 bilh√Ķes de pessoas, a Sui incorpora tecnologias √ļnicas e poderosas. A Sui atende a muitos setores, com o objetivo de fornecer tecnologia e experi√™ncia de usu√°rio ideais para diversos casos de uso. As inova√ß√Ķes introduzidas pela Sui redefinem a propriedade de ativos digitais e apresentam uma vis√£o mais descentralizada para a internet, caracterizada pela propriedade individual.