O que s√£o sidechains?
P√°gina Inicial
Artigos
O que s√£o sidechains?

O que s√£o sidechains?

Intermedi√°rio
Publicado em Dec 11, 2023Atualizado em Mar 19, 2024
5m

TL;DR

  • Sidechains s√£o blockchains independentes conectadas √† blockchain principal por meio de uma ponte bidirecional (two-way bridge), permitindo a transfer√™ncia de ativos entre elas.

  • Elas podem operar de forma aut√īnoma com mecanismos de consenso e par√Ęmetros de bloco exclusivos, permitindo o processamento eficiente de transa√ß√Ķes e a personaliza√ß√£o para prop√≥sitos espec√≠ficos.

  • As sidechains oferecem escalabilidade, flexibilidade e compatibilidade com EVM, mas apresentam limita√ß√Ķes, incluindo desafios relacionados √† descentraliza√ß√£o e a necessidade de medidas de seguran√ßa robustas.

Introdução

No mundo da tecnologia blockchain, a crescente busca por escalabilidade e efici√™ncia impulsionou o surgimento de solu√ß√Ķes inovadoras. A sidechain √© um desses conceitos.¬†

A ideia inicial de uma sidechain surgiu em outubro de 2014 em um artigo intitulado ‚ÄúEnabling Blockchain Innovations with Pegged Sidechains‚ÄĚ. O artigo foi publicado por Adam Back em colabora√ß√£o com outros cript√≥grafos e desenvolvedores de Bitcoin, incluindo Matt Corallo, Luke Dashjr, Andrew Poelstra e Pieter Wuille.

Mas o que exatamente são sidechains e como elas contribuem para a evolução dos ecossistemas blockchain?

Definindo sidechains

Essencialmente, uma sidechain é uma blockchain paralela que opera de forma independente da blockchain principal (também conhecida como a main chain). Normalmente, esta ligação é estabelecida através de uma ponte bidirecional (two-way bridge) que permite a transferência contínua de ativos digitais ou tokens entre a blockchain principal e a sidechain.

Como funcionam as sidechains?

O diferencial das sidechains est√° em sua autonomia. Ao contr√°rio da blockchain principal, as sidechains t√™m a flexibilidade de adotar algoritmos de consenso exclusivos e par√Ęmetros de bloco adaptados aos seus prop√≥sitos espec√≠ficos. Essa liberdade permite o processamento eficiente de transa√ß√Ķes, proporcionando benef√≠cios como tempos de confirma√ß√£o mais r√°pidos e taxas mais baixas.

Os algoritmos de consenso em sidechains podem variar, desde o Proof of Authority (PoA) at√© o Delegated Proof of Stake (DPoS). Os validadores dentro da rede sidechain desempenham um papel fundamental na verifica√ß√£o de transa√ß√Ķes, na produ√ß√£o de blocos e na garantia da seguran√ßa geral da blockchain.

Al√©m disso, as sidechains geralmente se diferenciam da blockchain principal em termos de par√Ęmetros de bloco. Embora a blockchain principal imponha limites aos tempos e tamanhos dos blocos, as sidechains podem ajustar esses par√Ęmetros para aumentar a taxa de transfer√™ncia. No entanto, isso traz limita√ß√Ķes, pois par√Ęmetros de bloco mais permissivos podem comprometer a descentraliza√ß√£o ao depender de um n√ļmero menor de nodes poderosos.

Compatibilidade EVM

Uma caracter√≠stica not√°vel de algumas sidechains √© a compatibilidade com a Ethereum Virtual Machine (EVM). Essa compatibilidade permite que as sidechains executem contratos inteligentes escritos em linguagens como Solidity, proporcionando um ambiente familiar para os desenvolvedores. Essencialmente, se uma sidechain for compat√≠vel com a EVM, ela pode executar facilmente aplica√ß√Ķes descentralizadas (DApps) e contratos inteligentes desenvolvidos para a blockchain Ethereum.

Prós e contras das sidechains

Assim como qualquer inova√ß√£o tecnol√≥gica, as sidechains apresentam um conjunto de vantagens e limita√ß√Ķes. Vamos explorar alguns dos pr√≥s e contras das sidechains.

Prós

  • Escalabilidade: as sidechains fornecem uma solu√ß√£o de escalabilidade, aliviando parte do processamento de transa√ß√Ķes da blockchain principal, reduzindo o congestionamento e melhorando o desempenho.

  • Flexibilidade: a autonomia das sidechains permite a experimenta√ß√£o com diferentes mecanismos e par√Ęmetros de consenso, impulsionando a inova√ß√£o e a personaliza√ß√£o.

  • Compatibilidade EVM: as sidechains compat√≠veis com EVM oferecem uma transi√ß√£o perfeita para os desenvolvedores, permitindo que eles implementem contratos inteligentes existentes na Ethereum na sidechain.

Contras

  • Descentraliza√ß√£o: obter altas taxas de transfer√™ncia em sidechains geralmente envolve sacrificar um certo grau de descentraliza√ß√£o. Isso pode resultar em uma concentra√ß√£o de poder entre alguns nodes de valida√ß√£o, potencialmente impactando a seguran√ßa da blockchain.

  • Problemas de seguran√ßa: as sidechains s√£o respons√°veis por sua pr√≥pria seguran√ßa. Embora um comprometimento na seguran√ßa de uma sidechain n√£o afete diretamente a blockchain principal, essa independ√™ncia pode introduzir mais riscos de seguran√ßa.

  • Complexidade: a implementa√ß√£o e a manuten√ß√£o de sidechains demandam esfor√ßo e recursos significativos. A complexidade inicial da configura√ß√£o e a manuten√ß√£o cont√≠nua podem representar desafios para a ado√ß√£o.

Exemplos de projetos de sidechain

V√°rios projetos adotaram o conceito de sidechains, cada um oferecendo recursos √ļnicos e abordando necessidades espec√≠ficas dentro do ecossistema blockchain. Alguns exemplos not√°veis incluem:

1. Polygon: a Polygon usa uma combina√ß√£o de sidechains para aprimorar a escalabilidade da Ethereum usando o framework Plasma. O projeto tem como objetivo fornecer transa√ß√Ķes r√°pidas e de baixo custo para aplicativos descentralizados (DApps).

2. SKALE: a SKALE utiliza sidechains elásticas para oferecer aos desenvolvedores uma plataforma para construir aplicativos descentralizados com alto desempenho e escalabilidade. O foco do projeto é fornecer um ambiente mais prático para desenvolvedores.

3. Gnosis: a Gnosis Chain utiliza a sidechain xDai para facilitar transa√ß√Ķes r√°pidas e est√°veis. O projeto enfatiza a usabilidade e √© frequentemente escolhido para aplica√ß√Ķes que exigem transa√ß√Ķes r√°pidas e acess√≠veis.

4. Loom Network: a Loom Network √© especializada na cria√ß√£o de jogos e aplica√ß√Ķes sociais com escalabilidade na blockchain. O projeto usa o DPoS (Delegated Proof of Stake) como seu mecanismo de consenso para obter altas taxas de transfer√™ncia.

Considera√ß√Ķes finais

No cen√°rio em constante evolu√ß√£o da tecnologia blockchain, as sidechains se destacam como uma solu√ß√£o promissora para os desafios relacionados √† escalabilidade. Sua capacidade de operar de forma independente, juntamente com recursos como bridges e compatibilidade EVM, abre caminhos para diversas aplica√ß√Ķes e casos de uso.

No entanto, usu√°rios e desenvolvedores devem ter cautela, sempre considerando as limita√ß√Ķes e fatores como a descentraliza√ß√£o, a seguran√ßa e a complexidade de implementa√ß√£o. √Ä medida que o setor blockchain continua amadurecendo, o papel das sidechains na forma√ß√£o de um ecossistema mais vers√°til e com mais escalabilidade provavelmente se tornar√° cada vez mais significativo.

Leituras adicionais

Aviso Legal: este conte√ļdo √© apresentado a voc√™ ‚Äúno estado em que se encontra‚Äú apenas para fins informativos e educacionais, sem qualquer tipo de garantia. O conte√ļdo n√£o deve ser interpretado como aconselhamento financeiro, jur√≠dico ou profissional, e n√£o tem o objetivo de recomendar a compra de qualquer produto ou servi√ßo espec√≠fico. Voc√™ deve buscar seu pr√≥prio conselho de consultores profissionais. No caso de contribui√ß√Ķes e artigos enviados por colaboradores terceirizados, note que as opini√Ķes expressas pertencem ao respectivo autor e n√£o refletem necessariamente as opini√Ķes da Binance Academy. Para mais detalhes, por favor leia nosso aviso aqui. Os pre√ßos dos ativos digitais podem ser vol√°teis. O valor do seu investimento pode aumentar ou diminuir e voc√™ pode n√£o recuperar o valor investido. Voc√™ √© o √ļnico respons√°vel por suas decis√Ķes de investimento e a Binance Academy n√£o se responsabiliza por nenhuma de suas poss√≠veis perdas. Este material n√£o deve ser interpretado como aconselhamento financeiro, jur√≠dico ou profissional. Para mais informa√ß√Ķes, por favor consulte nossos Termos de Uso e Aviso de Risco.